Este website utiliza cookies para ter uma melhor experiência de navegação e utilização.
Ao navegar está a consentir a utilização dos cookies associados ao site.

Fale Connosco

EQUITY ADVISOR

A carteira moderada é caracterizada por uma abordagem mais abrangente na selecção de títulos, procurando maior diversificação sectorial e empresas que apresentem um equilíbrio entre a solidez operacional/financeira, perspectivas de crescimento e os múltiplos de preço.

Na medida em que a diversificação sectorial é uma preocupação especial, tentamos encontrar empresas de perfil equilibrado em cada sector, procurando a maior abrangência sectorial que as oportunidades permitam.

Análise operacional

A análise operacional neste tipo de abordagem vai variar de sector para sector mas de um modo geral procuramos empresas que cresçam em linha com o sector mas apresentem um desempenho operacional melhor que os seus comparáveis, olhando particularmente para a geração de fluxos de caixa. A análise recai sobre a vertente estratégica das empresas, podendo a escolha de certos títulos estar maioritariamente justificada pela sua estratégia ou realinhamento desta. Exemplos de métricas que utilizamos na análise operacional incluem taxas de crescimento orgânico específicas de cada sector, a margem bruta ou a geração de free cash flow face às receitas (Free Cash Flow/Revenues).

Critérios de preço

Mais uma vez, os critérios de preço vão depender do sector sob análise, mas idealmente escolhemos títulos que, dentro do perfil acima descrito, apresentem múltiplos de preços abaixo da média do sector. Exemplos de algumas métricas de preço incluem o PER, o preço da acção face às receitas (Price/Sales) ou o Enterprise Value face ao EBITDA (EV/EBITDA).

Rentabilidade

A rentabilidade da carteira é alimentada de maneira equilibrada tanto pela remuneração aos accionistas como pela apreciação do preço das acções, com uma volatilidade teórica moderada e em linha com o mercado, fruto da diversificação sectorial procurada.

Pesquisa de títulos