Este website utiliza cookies para ter uma melhor experiência de navegação e utilização.
Ao navegar está a consentir a utilização dos cookies associados ao site.

Fale Connosco

INVESTIMENTO ALAVANCADO

O conceito de investimento alavancado está associado a instrumentos que pelas suas características permitem uma maior exposição à variação do activo subjacente. A mais habitual é recorrer ao crédito com base na carteira de títulos, existindo contudo outros instrumentos disponíveis no BiG. No entanto, é importante alertar que esses instrumentos são mais sofisticados, pelo que a sua utilização deverá pressupor um conhecimento prévio do funcionamento dos mesmos.

As formas mais utilizadas para alavancar o investimento sem recurso directo ao crédito passam por:

Compra alavancada: a opção compra alavancada intradiária (leverage day-trading) permite ao investidor a compra de títulos com recurso ao crédito proporcionado pela futura venda desse título até ao final da sessão (o que a ocorrer evita pagamento de juros). Desta forma, o investidor pode investir com apenas um terço do montante necessário e assim usufruir de uma alavancagem financeira. Saiba mais sobre a compra alavancada.

Valores mobiliários cotados em bolsa que incorporam um direito de opção de compra (call warrant) ou de venda (put warrant) de um determinado activo (activo subjacente), a um determinado preço de exercício (strike price) numa data ou até uma data em que esse direito pode ser exercido (data de maturidade ou vencimento). Saiba mais sobre warrants.

Contratos a prazo entre duas partes que representam um acordo de compra ou venda de uma determinada quantidade de um activo ou moeda, num determinado momento e a um preço pré-definido. Desde que transaccionados em mercados com liquidez, o investidor pode “abrir” ou “fechar” a posição no mercado a qualquer momento, permitindo investimentos de curto prazo. Saiba mais sobre futuros.

CFD

Instrumentos financeiros que permitem especular sobre o comportamento de activos, ou fazer cobertura de risco dos mesmos, sem que para isso seja necessária a posse do contrato subjacente. Como não existe troca física de activos, o negócio é efectuado pela diferença entre o preço de compra e venda do contrato. Saida mais sobre CFDs.

ETF

Também conhecido como “Traker”, são fundos negociados em bolsa que replicam a evolução de um índice. Os ETF são estruturas de investimento que agrupam um conjunto de acções e que poderm ser transaccionadas em bolsa ou fora do mercado regulamentado, de forma semelhante à usada para transaccionar acções. Saiba mais sobre ETFs.

Pesquisa de títulos