Este website utiliza cookies para ter uma melhor experiência de navegação e utilização.
Ao navegar está a consentir a utilização dos cookies associados ao site.

ÚLTIMAS NO NEGÓCIOS.PT

Governo francês reduz lotação diária de Roland Garros para 1.000 pessoas
25/09/2020 00:59

A lotação máxima diária do torneio de Roland Garros em ténis foi reduzida para 1.000 pessoas, face às medidas aplicadas pelo governo francês para conter a propagação da covid-19 no país, anunciou na quinta-feira o primeiro-ministro gaulês.

Inicialmente, estava previsto que o 'Grand Slam' francês pudesse acolher até 5.000 pessoas diariamente, entre participantes e pessoal da organização, mas o primeiro-ministro francês, Jean Castex, revelou que terá de haver uma redução.

Em entrevista ao canal de televisão France 2, Castex afirmou que em Roland Garros serão aplicadas "as mesmas medidas que em qualquer outro local", tendo em conta que espetáculos ou eventos realizados em França têm uma lotação máxima de 1.000 pessoas.

"Não há nenhuma razão para não fazermos o mesmo que em outros locais", disse Castex, poucas horas depois de o diretor do torneio, Guy Forget, ter manifestado confiança em poder receber 5.000 pessoas, tendo em conta que o recinto tem 12 hectares.

O ministro da Saúde francês, Olivier Véran, anunciou na quinta-feira um aumento das restrições no país, de forma a conter a propagação do novo coronavírus, particularmente nas áreas mais afetadas, entre as quais Paris e a zona metropolitana da capital.

O quadro principal do torneio de Roland Garros, que estava agendado para se disputar entre 24 de maio e 07 de junho últimos e que foi adiado devido à pandemia de covid-19, arranca no domingo, em Paris.

A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 978.448 mortos e quase 32 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

França é um dos países do mundo mais afetados pela pandemia, registando 31.511 mortos e mais de 497 mil casos de infeção confirmados.

Governo francês reduz lotação diária de Roland Garros para 1.000 pessoas
25/09/2020 00:59

Covid-19: Governo vai criar área dedicada a doenças respiratórias
25/09/2020 00:38

China vai integrar índice mundial de referência das obrigações soberanas
25/09/2020 00:20

EUA vão processar Google por posição dominante e anticoncorrência
25/09/2020 00:15

Petrobras descobre petróleo no pré-sal do litoral do Rio de Janeiro
24/09/2020 23:45

Turismo, água e saúde são preocupações de empresários algarvios apresentadas ao PSD
24/09/2020 23:22

Ministério da Saúde vai "acelerar" rastreios aos diferentes cancros
24/09/2020 23:20

Amazon apresenta novas colunas inteligentes e drone de uso em casa
24/09/2020 22:38

Wall Street regressa ao verde com ajuda das tecnológicas
24/09/2020 21:11

Manuel Vicente: denúncia sobre apropriação de 193 milhões é manobra de diversão
24/09/2020 20:56

Presidente da CMVM reconduzida no Comité sobre Gestão de Ativos da ESMA
24/09/2020 20:46

PCP avisa que será "mau sinal" se Governo "rasgar" acordo sobre salário mínimo
24/09/2020 20:30

Efanor volta a reforçar na Sonae Capital com investimento de 1,1 milhões
24/09/2020 20:21

A dimensão humana
24/09/2020 19:36

Republicanos isolam Trump na recusa a compromisso com transição pacífica de poder
24/09/2020 19:32

Criação de emprego abranda no Estado apesar do reforço do SNS
24/09/2020 19:22

Regulador suíço repreende banco usado pelo empresário angolano Carlos São Vicente
24/09/2020 17:54

Reino Unido e Polónia registam recordes de casos de covid desde início da pandemia
24/09/2020 17:45

15% dos ativos dos bancos podem estar em risco
24/09/2020 17:00

Novos mínimos históricos do BCP fazem alargar ciclo de quedas do PSI-20
24/09/2020 16:43

login

Pesquisa de títulos

Fale Connosco