ÚLTIMAS NO NEGÓCIOS.PT

Portuense ColorADD já está em mais de 90 países e soma agora seis shoppings no Brasil
08/06/2024 11:46

Há aproximadamente 350 milhões de daltónicos no mundo. A perturbação visual que impede a diferenciação de todas ou de algumas cores afeta um em cada 12 homens; do lado das mulheres, apenas uma em cada 200.

 

Com 90% da informação no mundo a usar a cor como fator prioritário de comunicação, conclui-se que 90% dos daltónicos precisam de ajuda para comprar roupas, por exemplo, criando ainda dificuldades de integração, perda de oportunidades, constrangimento e "bullying". Situações que afetam a autoestima e a vida destas pessoas.

 

Foi a pensar em tudo isto que Miguel Neiva, nascido no Porto em 1969, criou o ColorADD, um sistema de identificação de cores para daltónicos, um código pioneiro e universal que permite a inclusão de quem sofre deste problema.

 

Designer de Comunicação, com mestrado em Design e Marketing, Neiva demorou quase uma década a desenvolver este alfabeto cromático, estando desde 2008 totalmente dedicado à implementação mundial do ColorADD.

 

Trata-se de um sistema aprovado pela comunidade científica internacional, utilizando símbolos gráficos que, combinados entre si, criam uma linguagem que permite ao daltónico identificar as cores em qualquer ecossistema em que estejam inseridos, independentemente do idioma.

 

O branco e o preto são representados por um quadrado sólido ou "vazio"

 

Funcionando a partir da combinação dos símbolos que representam as três cores primárias (azul, vermelho e amarelo), permite criar uma ampla paleta de cores - o azul é representado por um triângulo que aponta para baixo, e o vermelho por um triângulo que aponta para cima.

Já o amarelo, surge como uma barra inclinada. O branco e o preto são representados por um quadrado sólido ou "vazio", que permitem criar os tons claros e os tons escuros.

 

A soma das cores primárias cria uma nova cor. Se juntarmos o vermelho com o amarelo, por exemplo, criamos a cor laranja. Se conjugarmos o símbolo do azul com o símbolo do branco, criamos o azul claro. E assim por diante. Até os tons de cinza e as cores metalizadas podem ser representadas.

 

Neiva criou ainda uma ONG, ColorADD.Social, para assegurar que o ColorADD possa ser utilizado na educação, livre de custos, permitindo assim a inclusão de crianças daltónicas, sem discriminação.

 

O ColorADD é utilizado no transporte público, shoppings, em hospitais e instituições voltadas para educação e entretenimento, além de outras empresas em mais de 90 países e cumpre seis dos 17 objetivos de desenvolvimento sustentável da ONU, entre eles "saúde e bem-estar", "educação de qualidade" e "redução das desigualdades".

 

Considerada "uma das 40 ideias para melhorar o mundo"

 

Nestes 15 anos de existência, Neiva e o ColorADD já recebeu vários prémios nacionais e internacionais, tendo a mais recente distinção sido atribuída em 13 de março passado na sede da UNESCO, em Paris, pela IFI – o Golden Inclusion Award 2024.

 

E foi até considerado pela revista Galilei, da editora brasileira Globo, como "Uma das 40 ideias para melhorar o mundo".

 

Ora, é precisamente do Brasil que nos chega a última novidade sobre a expansão global do ColorADD, que firmou uma parceria internacional inédita com a brasileira NIAD, gestora de meia dúzia de centros comerciais em quatro estados, para promover o alfabeto das cores único, inovador e transformador para os portadores de daltonismo no Brasil, problema que afeta mais de nove milhões de pessoas neste país.

 

A partir de agora, o Boulevard Shopping Brasília, o Boulevard Shopping Londrina, o Boulevard Shopping Vila Velha, o Shopping Pátio Alcântara, o São Gonçalo Shopping e o Santa Cruz Shopping estarão sinalizados com o ColorADD, devendo mais tarde juntar-se o Boulevard Marília Shopping , que está em construção na cidade do interior de São Paulo).

 

Primeira empresa de shoppings na América Latina a implementar o ColorADD

 

"A iniciativa faz parte da política de responsabilidade social da NIAD, que será a primeira empresa do setor de shoppings na América Latina a implementar essa linguagem inclusiva em centros de compras", afiança a empresa, em comunicado.

 

A NIAD deverá atuar como porta de entrada do ColorADD no retalho brasileiro, sinaliza Ulisses Silva, líder de operações da empresa brasileira.

 

"O nosso objetivo é divulgar a existência do ColorADD, promover uma experiência mais inclusiva para os clientes daltónicos e servir de exemplo para que outras empresas, instituições e órgãos governamentais vejam o impacto positivo que essa comunicação pode propiciar. Uma ação que promove a diversidade e a inclusão e, portanto, reduz as desigualdades entre as pessoas", realça Ulisses Silva.

 

Para marcar o início do projeto, os shoppings promoverão uma campanha institucional e educativa de comunicação. Haverá sinalização nos elevadores, casas de banho, estacionamentos e outros espaços, distribuição de material informativo e conteúdo especial para os sites e redes sociais da companhia e dos complexos comerciais.

 

A NIAD adianta que também serão realizadas ativações recreativas e educativas com os clientes, principalmente o público infantil. "A expectativa é impactar aproximadamente quatro milhões de pessoas que circulam mensalmente nos empreendimentos", estima.

 

"A cor é para todos"

 

Miguel Neiva acredita que o Brasil é um parceiro estratégico para a ampliação do conhecimento do alfabeto, considerando que a parceria com a NIAD irá multiplicar essa mensagem.

 

"A NIAD assume um papel de parceiro ativador, capacitador e educador das suas comunidades de proximidade, um papel muito inovador para o conceito de administrador de centros comerciais. Um exemplo excepcional e pioneiro que mostra a importância e a responsabilidade social de um setor que se ‘cruza’ diariamente com milhares de vidas", observa o designer portuense.

 

"Para a ColorADD, é um orgulho dar esse passo com um ‘time’ que tem sido empenhado e dedicado em fazer dos espaços NIAD locais para todos, porque a cor é para todos", remata Miguel Neiva.

 

"Entendemos esse projeto como um compromisso social para inspirar e transformar a vida das pessoas, dentro e fora dos nossos shoppings. É uma iniciativa para toda a sociedade conhecer, entender e acolher os daltónicos", enfatiza, por sua vez, Eduardo Borges, CEO da NIAD.

 

"Esse não é um projeto pontual. É um trabalho que vai exigir investimento e um olhar carinhoso para incluir o alfabeto das cores em ativações que impactem os clientes em várias oportunidades ao longo dos próximos dois anos", promete Borges.

 

No Brasil, além da NIAD, o ColorADD já é utilizado, por exemplo, pelo Hospital Albert Einstein, em São Paulo, nos livros de literatura infantil do Grupo Ciranda Cultural, da editora Pinguepongue, e no Aprende Brasil, Grupo ARCO Educação.

Para onde vão os preços das casas em Portugal?
18/07/2024 12:00

CTT lançam subscrição online de certificados de aforro
18/07/2024 11:29

JPMorgan mais pessimista que o mercado. Fed e BCE só devem cortar três vezes juros em 12 meses
18/07/2024 10:59

Produção na construção cai 2,4% na Zona Euro em maio
18/07/2024 10:51

Reino Unido é o primeiro país europeu a aprovar carne cultivada em laboratório
18/07/2024 10:47

Von der Leyen: Respeito pelo Estado de Direito continuará a nortear fundos europeus
18/07/2024 10:09

Arvad, o refúgio perfeito com experiências únicas de enoturismo
18/07/2024 09:57

Jerónimo Martins e a DHL expandem parceria de cacifos de encomendas na Polónia
18/07/2024 09:49

Von der Leyen promete não aceitar polarização e destruição da UE por extremistas
18/07/2024 09:10

Lisboa acorda em alta com BCP na proa
18/07/2024 08:22

Portugueses viajam mais, a entrevista ao CEO da Sumol Compal e as contas da bolsa
18/07/2024 07:30

United Airlines aumenta lucros em 23% para 1,32 mil milhões de dólares
17/07/2024 23:55

Joe Biden cancela discurso de campanha após testar positivo à Covid-19
17/07/2024 23:39

Pedro Nuno Santos "otimista para as negociações" do OE2025 mas sem medo de eleições
17/07/2024 22:48

Secretária das Pescas promete eólicas 'offshore' alinhadas com a pesca
17/07/2024 21:45

Tecnológicas afundam Nasdaq. Dow Jones bate recordes
17/07/2024 21:34

Calendário de resultados do 2.º trimestre de 2024
17/07/2024 20:30

Ex-ministro moçambicano Manuel Chang acusado de receber 7 milhões de dólares em subornos
17/07/2024 20:00

CTT reduzem capital para 69,22 milhões de euros
17/07/2024 19:10

Governo aprovou novo reforço do 1.º Direito em mais 400 milhões
17/07/2024 19:07

Ajuda

Pesquisa de títulos

Fale Connosco