ÚLTIMAS NO NEGÓCIOS.PT

Tecnologias de informação dão impulso a Wall Street
04/06/2024 21:53

As bolsas de Wall Street encerraram a sessão desta terça-feira em terreno positivo, ainda que as subidas não tenham sido expressivas. A alavanca foi o arrefecimento da economia norte-americana. Os dados revelados esta terça-feira apontaram para um decréscimo nas vagas de empregos nos EUA, que caíram para o nível mais baixo em mais de três anos.  

Este cenário é favorável à hipótese de corte das taxas de juro pela Reserva Federal - e a ajudar a este cenário esteve também a atividade industrial na maior economia do mundo, que desacelerou pelo segundo mês consecutivo em maio. A próxima reunião da Reserva Federal (Fed) norte-americana realiza-se a 11 e 12 de junho e o banco central deverá manter as taxas de juro no nível mais elevado em 23 anos: entre os 5,25% e os 5,5%. 

O índice industrial Dow Jones avançou 0,36% para 38.711,29 pontos, enquanto o S&P 500 somou 0,15% para 5.291,34 pontos. Já o Nasdaq Composite fechou a valorizar 0,17% para 16.857,05 pontos.

Assim como a aconteceu no Velho Continente, as grandes petrolíferas, como a Exxon Mobil e a Chevron, pressionaram as bolsas dos EUA, penalizadas pelos preços cada vez mais baixos do "ouro negro" nos principais mercados internacionais, depois de a OPEP+ ter revelado que iria começar a abrir as torneiras a partir de outubro (no que diz respeito a um dos acordos de corte voluntário da oferta) - caso as condições do mercado o permitissem. 

A liderar os ganhos esteve o setor das tecnologias da informação, com a Nvidia a somar 1,3%. Já a operadora de cruzeiros Carnival escalou 5,8%. Em destaque esteve ainda a Vast Renewables, que avançou 79,60%, depois de ter sido aprovado o projeto de metanol solar no sul da Austrália.

Destaque ainda para a Core Scientific, que saltou 40,25%, já que o relatório da oferta de compra da mineradora de bitcoin Corewave deu pujança às ações da empresa.

Esta terça-feira, 230 das 503 ações registaram subidas, enquanto 273 recuaram.  

CTT lançam subscrição online de certificados de aforro
18/07/2024 11:29

JPMorgan mais pessimista que o mercado. Fed e BCE só devem cortar três vezes juros em 12 meses
18/07/2024 10:59

Produção na construção cai 2,4% na Zona Euro em maio
18/07/2024 10:51

Reino Unido é o primeiro país europeu a aprovar carne cultivada em laboratório
18/07/2024 10:47

Von der Leyen: Respeito pelo Estado de Direito continuará a nortear fundos europeus
18/07/2024 10:09

Arvad, o refúgio perfeito com experiências únicas de enoturismo
18/07/2024 09:57

Jerónimo Martins e a DHL expandem parceria de cacifos de encomendas na Polónia
18/07/2024 09:49

Von der Leyen promete não aceitar polarização e destruição da UE por extremistas
18/07/2024 09:10

Lisboa acorda em alta com BCP na proa
18/07/2024 08:22

Portugueses viajam mais, a entrevista ao CEO da Sumol Compal e as contas da bolsa
18/07/2024 07:30

United Airlines aumenta lucros em 23% para 1,32 mil milhões de dólares
17/07/2024 23:55

Joe Biden cancela discurso de campanha após testar positivo à Covid-19
17/07/2024 23:39

Pedro Nuno Santos "otimista para as negociações" do OE2025 mas sem medo de eleições
17/07/2024 22:48

Secretária das Pescas promete eólicas 'offshore' alinhadas com a pesca
17/07/2024 21:45

Tecnológicas afundam Nasdaq. Dow Jones bate recordes
17/07/2024 21:34

Calendário de resultados do 2.º trimestre de 2024
17/07/2024 20:30

Ex-ministro moçambicano Manuel Chang acusado de receber 7 milhões de dólares em subornos
17/07/2024 20:00

CTT reduzem capital para 69,22 milhões de euros
17/07/2024 19:10

Governo aprovou novo reforço do 1.º Direito em mais 400 milhões
17/07/2024 19:07

EUA: Biden só admite desistir da corrida presidencial por problema médico concreto
17/07/2024 18:27

Ajuda

Pesquisa de títulos

Fale Connosco