ÚLTIMAS NO NEGÓCIOS.PT

"É urgente que existam alterações profundas nas políticas do nosso país", diz Alexandre Fonseca
01-06-2023 13:13

"É urgente que existam alterações profundas nas politicas do nosso país", defendeu esta quinta-feira Alexandre Fonseca, Co-CEO da Altice Portugal. 

O apelo foi feito no âmbito do sétimo aniversário do polo de inovação da Altice, a Altice Labs, e a propósito daquele que identificou como um dos maiores desafios das empresas: atrair e reter talento.

"O atual modelo de trabalho não serve, e, hoje, as decisões erráticas não dão estabilidade ao investimento estrangeiro", continuou, acrescentando que "é preciso valorizar" aqueles que "investem no país, os empresários e tratar melhor as empresas", pois, reforçou, são elas que criam autonomia e emprego.

Alexandre Fonseca terminou o discurso reforçando a necessidade de "transformações laborais, fiscais e de justiça".

As palavras do Co-CEO da Altice, um dos maiores operadores de telecomunicações em Portugal, foram feitas a propósito da retenção de talento, mas surgem numa altura em que estas empresas podem ter a braços uma nova adversidade. Isto porque a Comissão de Avaliação de Segurança, no âmbito do Conselho Superior de Segurança do Ciberespaço, divulgou uma deliberação sobre o "alto risco" para a segurança das redes e de serviços 5G que excluem da rede nacional o uso de equipamentos de fornecedores que, entre outros critérios, sejam de fora da UE, NATO ou OCDE, o que se aplica a empresas chinesas como a Huawei. 

E se a decisão de não ter equipamentos de tecnologia da Huawei no núcleo da rede 5G já era esperado, o facto de a deliberação prever a "aplicação de restrições ou cessação de utilização de equipamentos ou serviços" pode obrigar as operadoras a terem de substituir equipamentos e partes da rede já instaladas, o que terá custos, numa altura em que estas já lutam para tornar o 5G rentável. 

OE2025: Pedro Nuno diz que PS está disponível para fazer cedências
18-07-2024 23:51

Biden começa a equacionar a hipótese de desistir da corrida
18-07-2024 23:06

Century 21 fatura 48 milhões de euros no semestre apesar de queda no preço médio de venda de casas
18-07-2024 22:30

Netflix bate previsões em lucros, receitas e subscritores
18-07-2024 21:35

Nova Expressão no top 3 das agências de meios
18-07-2024 20:37

Saxo Bank procura novos donos
18-07-2024 19:58

Lítio: Câmara de Montalegre admite recorrer após rejeição de providência cautelar
18-07-2024 19:35

Obama diz que Biden tem de "considerar seriamente" a candidatura à presidência dos EUA
18-07-2024 18:45

Paulo Macedo considera "tolice" perguntar se precisamos de mais imigrantes
18-07-2024 18:18

Greenvolt lamenta morosidade dos licenciamentos das comunidades energéticas
18-07-2024 17:46

Lucro da Nos cresce 84,6% para 148,6 milhões de euros até junho
18-07-2024 17:07

Governo revê metas das renováveis. Novo PNEC chega à AR nos próximos dias
18-07-2024 17:00

BES/GES: Ricardo Salgado enfrenta novo julgamento por corrupção ligada ao Banco do Brasil
18-07-2024 16:51

Meta pondera participação na EssilorLuxottica. Dona da Ray-Ban dispara mais de 7%
18-07-2024 14:47

Lagarde diz de cortar ou não juros em setembro "está em aberto" e "dependente de dados"
18-07-2024 14:22

Von der Leyen reeleita presidente da Comissão Europeia
18-07-2024 13:27

Sem surpresas em Frankfurt. BCE mantém juros inalterados, depois do corte em junho
18-07-2024 13:16

Autoestradas do Douro Litoral vendida à Igneo
18-07-2024 13:12

Empresas têm de gerir melhor os riscos ESG
18-07-2024 12:41

Para onde vão os preços das casas em Portugal?
18-07-2024 12:00

Ajuda

Pesquisa de títulos

Fale Connosco