Este website utiliza cookies para ter uma melhor experiência de navegação e utilização.
Ao navegar está a consentir a utilização dos cookies associados ao site.

ÚLTIMAS NO NEGÓCIOS.PT

CaixaBank BPI mantém três cotadas portuguesas entre as preferidas
12/08/2019 15:20

O CaixaBank BPI atualizou a lista das cotadas ibéricas preferidas, mantendo a EDP, a Jerónimo Martins e a Nos. O banco de investimento decidiu retirar desta listagem o Liberbank e acrescentar a Indra, de acordo com uma nota de análise a que o Negócios teve acesso.
 
A elétrica liderada por António Mexia conta com um preço-alvo de 4,05 euros, o que confere às ações um potencial de valorização de 20% face à atual cotação (3,371 euros). A EDP apresentou "recentemente uma estratégia sólida", que poderá dar origem à venda de mais ativos e oferece um aumento médio anual entre 5% e 7% do EBITDA e do resultado líquido, realça o banco de investimento, que acrescenta que o ângulo de fusões e aquisições pode acrescentar às ações 0,2 euros por ação.
 
Já a Jerónimo Martins beneficia das operações na Polónia, que "continuam a ter um desempenho acima do mercado", prevendo-se que "mantenha um crescimento sólido" em 2019/2020. A retalhista conta com um preço-alvo de 17,55 euros, o que corresponde a um potencial de subida de 21,6%, tendo em consideração o valor atual das ações (14,43 euros).
 
Sobre a Nos, o CaixaBank BPI realça a possibilidade de melhoria da remuneração dos investidores, estabelecendo a avaliação da operadora de telecomunicações em 6,75 euros, mais 23% do que o preço atual (5,47 euros). "Um potencial acordo com a Vodafone para a partilha da rede móvel pode ser um catalisador importante", salienta o banco de investimento.
Nota: A notícia não dispensa a consulta da nota de "research" emitida pela casa de investimento, que poderá ser pedida junto da mesma. O Negócios alerta para a possibilidade de existirem conflitos de interesse nalguns bancos de investimento em relação à cotada analisada, como participações no seu capital. Para tomar decisões de investimento deverá consultar a nota de "research" na íntegra e informar-se junto do seu intermediário financeiro.

login

Pesquisa de títulos

Fale Connosco