ÚLTIMAS NO NEGÓCIOS.PT

Governo avança com regime fiscal para PPR europeu
27-05-2024 18:07

O Governo aprovou a proposta de lei para regular em Portugal o produto de reforma pan-europeu (PEPP), que é conhecido como PPR europeu. O diploma teve luz verde esta segunda-feira em Conselho de Ministros e segue agora para a Assembleia da República, onde será discutida e votada.

"É uma criação de regras europeias que Portugal ainda não tinha e é uma aproximação a um PPR que é regulado por regras europeias e no caminho para a união de mercado de capitais. Falta um regime fiscal que o equilibre em termos de atratividade relativamente aos produtos nacionais", explicou o ministro da Presidência, António Leitão Amaro, no final da reunião extraordinária do Executivo.

O PEPP é um instrumento de poupança de caráter europeu e harmonizado entre Estados-membros que permite, na prática, a sua mobilidade no quadro da UE. Foi criado em 2019, sendo de aplicação automática nos Estados-membros, mas implica que em cada um deles exista legislação que o adapte à realidade nacional.

A intenção do Governo é que este regime seja equiparado àquele que é aplicado aos planos de poupança e reforma nacionais, que "têm vantagens fiscais até à saída do investimento", lembrou o governante. "Essa é uma das soluções – a aproximação a um regime fiscal especifico que é um produto gerado pelos operadores e que lhe faltava para ser interessante", afirmou.

A regulação agora aprovada era uma exigência do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) necessária para que o país pudesse fazer o pedido para o quinto desembolso de financiamento.

Leitão Amaro esclareceu que ainda não se trata de uma proposta mais ampla para incentivar a poupança, prevista no programa de Governo. "Esta medida ainda não é o cumprimento do programa do Governo para a realização de poupança. É um trabalho que vem de trás. Isso é assumido", afirmou o ministro da Presidência, sobre o diploma, que já foi ao Presidente da República, mas foi devolvido ao Parlamento devido à mudança de Executivo.

Costa disse a Galamba para despedir Ourmières-Widener da TAP. "É ela ou nós"
18-06-2024 13:10

Ursula, Charles e o ódio ao mais alto nível
18-06-2024 12:30

Putin acena a Kim Jong-un com alianças na primeira visita de Estado à Coreia do Norte em 24 anos
18-06-2024 11:50

Produção de hidrogénio e gases renováveis com incentivos de até 15 milhões por projeto
18-06-2024 11:46

Revolut alarga oferta de investimento a obrigações. Portugal incluído
18-06-2024 11:11

NOW derrota RTP3 no dia de estreia
18-06-2024 09:50

Dona da Parmalat com OK da Concorrência para compra da proprietária dos queijos Paiva
18-06-2024 09:08

PSI acompanha otimismo dos mercados e sobe 0,53%
18-06-2024 08:19

5 coisas que precisa de saber para começar o dia
18-06-2024 07:30

O aumento da despesa da ADSE, a espera pelo Fundo Ambiental e o corredor do Lobito
18-06-2024 07:01

Montenegro diz que nome de Costa para Conselho Europeu reúne "todas as condições para ser aceite" na
18-06-2024 00:38

Jantar de líderes da UE termina sem acordo após primeira tentativa sobre cargos de topo
17-06-2024 23:25

Governo promete "linhas de ação" até ao fim do ano para assegurar disponibilidade de água
17-06-2024 23:12

Exigência salariais alemãs acima da inflação preocupam BCE
17-06-2024 22:10

Nasdaq e S&P 500 atingem novos máximos. Apple prossegue "rally"
17-06-2024 21:40

Semapa investe 1,2 milhões e compra 0,046% da Navigator
17-06-2024 21:09

Plenário de trabalhadores da Transtejo Soflusa interrompe ligações fluviais quarta-feira à tarde
17-06-2024 20:45

EDP fecha venda à sua maior acionista de 11,6% da CEM Macau por 100 milhões
17-06-2024 19:45

Trabalhadores da bolsa de valores italiana em greve contra a Euronext
17-06-2024 19:34

Socialistas europeus destacam "bom colega" , mas PPE lança dúvidas sobre futuro de Costa
17-06-2024 19:07

Ajuda

Pesquisa de títulos

Fale Connosco