ÚLTIMAS NO NEGÓCIOS.PT

A redução do IRS, o novo acordo na concertação e os dividendos na Zona Euro
12/04/2024 07:01

Bom dia,

A quinta-feira ficou marcada pelo início do debate sobre o programa de Governo na Assembleia da República. Nesta edição fazemos a análise das medidas da forma como Luís Montenegro optou pela estratégia de avançar com um conjunto de medidas que retiraram argumentos à oposição sobre a falta de calendário. E regressou a questão do excedente das contas públicas. O Executivo escolheu mesmo nove medidas que avançam de imediato.

Uma das medidas mais debatidas foi a prometida descida do IRS. Os contribuintes com rendimentos entre o 3º e o 6º escalões deverão ser os que mais vão sentir os efeitos, mas está ainda por conhecer a dimensão da redução.

O Governo anunciou ainda que vai procurar um novo acordo em concertação social, "revisitando" as alterações da chamada "agenda do trabalho digno". Os parceiros sociais que assinaram (UGT, CAP, CCP, CTP) querem manter e alargar os compromissos. Os planos do Executivo abrem novas divergências entre as associações patronais e a UGT.

Tal como esperado, ainda não foi nesta quinta-feira que o Banco Central Europeu desceu as taxas de juro. Foi dado o primeiro passo para um alívio dentro de dois meses, mas sem garantias de que tal significará o início de uma trajetória continuada de descidas. O BCE vai ficar até junho atento aos dados da inflação, mercados de energia, e também ao que sucede nos Estados Unidos, onde os preços ressurgiram e a reversão das subidas da Reserva Federal se advinha agora retardada.

As 50 maiores cotadas da moeda única estão já a começar a remunerar os seus acionistas. Nesta edição contamos-lhe que há dez que apresentam "dividend yields" superiores a 5%. Destacam-se os setores automóvel e da banca, com Alemanha e França entre as maiores representações.

O potencial regresso do magnata russo Mikail Fridman ao conselho de administração do LetterOne, que tem 77% do grupo espanhol DIA, pode ter repercussões no seio da ainda dona do Minipreço e baralhar as pretensões do empresário português Luís Amaral de ter um lugar no "board" na empresa onde detém 2,18% do capital.

Boas leituras.

Portugal dá apoio militar à Ucrânia de 126 milhões
28/05/2024 17:31

Assista à talk ?O Leite, uma Força do País?
28/05/2024 17:25

Ucrânia: Muita segurança e hino na receção a Zelensky em Figo Maduro
28/05/2024 16:54

Governo defende que PRR não seria executado "a tempo e horas" com estratégia anterior
28/05/2024 16:47

Lisboa veste vermelho. Grupo EDP com quedas acima de 1%
28/05/2024 16:45

Fatura do IMI enviada às barragens é de 5,1 milhões por ano, em média
28/05/2024 16:13

Espanha reconhece Palestina por ser "necessidade perentória" para a paz
28/05/2024 15:09

Garantia pública: BdP garante ?trabalho contínuo? com Governo mas não emitiu parecer
28/05/2024 14:38

Altice não tem ?nenhuma decisão final? sobre a venda da dona da Meo
28/05/2024 14:33

Centeno avisa que ?reduções de impostos contam como aumento da despesa?
28/05/2024 13:26

Procura de gás natural na UE no valor mais baixo desde 2008
28/05/2024 13:01

Startup Oscar capta seis milhões para se consolidar na Península Ibérica
28/05/2024 12:22

Riscos para a estabilidade financeira diminuíram, diz BdP
28/05/2024 12:11

O setor financeiro escapou aos principais riscos?
28/05/2024 12:00

SUV responsáveis por aumento de 20% das emissões de CO2 relacionadas com energia
28/05/2024 11:04

Medicamentos gratuitos para idosos com CSI avançam já em junho
28/05/2024 10:02

BCE pagou quase dois mil milhões de euros em juros aos bancos portugueses em pouco mais de um ano
28/05/2024 09:00

Galp estuda investimento de 500 milhões no hidrogénio verde
28/05/2024 08:48

5 coisas que precisa de saber para começar o dia
28/05/2024 07:30

O alívio de restrições nas mais-valias, a construção e o apoio a idosos
28/05/2024 07:01

Ajuda

Pesquisa de títulos

Fale Connosco