ÚLTIMAS NO NEGÓCIOS.PT

Petrobras justifica queda do lucro com descida de preços do petróleo e valorização do real
08/03/2024 22:15

A Petrobras, a maior empresa petrolífera do Brasil, atribuiu hoje a queda do lucro líquido no ano passado à descida dos preços do petróleo e à valorização do real face ao dólar.

A petrolífera registou um lucro líquido de 124,606 mil milhões de reais (23,06 mil milhões de euros) no ano passado, uma queda de 33,8% em relação a 2022, ano em que o resultado foi recorde. 

Apesar dessa redução, o lucro foi o segundo maior da história da empresa.

O presidente da Petrobras, Jean Paul Prates, disse numa teleconferência com investidores que a empresa teve um "resultado sólido" apesar de uma queda de 18% nos preços do petróleo em 2023.

A moeda brasileira valorizou-se 3%, o que também teve impacto nas receitas, disse o diretor financeiro da Petrobras, Sergio Leite.

"Essa combinação de fatores externos adversos teve um grande impacto no resultado e foi responsável por uma queda de 21% no Ebitda [lucro operacional bruto]", disse.

Segundo Leite, apesar dessa queda, o Ebitda foi o terceiro maior entre as grandes petrolíferas do mundo, atrás apenas da Exxon e da Shell.

Acrescentou que os resultados operacionais da petrolífera brasileira permitiram que o valor das suas ações na Bolsa de Nova Iorque acumulasse uma valorização de 112% no ano passado, bem acima de empresas como a Shell (20%) e a Total (14,2%).

As ações da empresa nas bolsas de São Paulo, Madrid e Nova Iorque sofreram hoje uma forte queda, em reação ao anúncio feito na véspera da redução da distribuição de dividendos.

Ao meio-dia de hoje, as ações ordinárias da Petrobras caíam 12% e as ações preferenciais 10,75% na bolsa de São Paulo, depois de terem iniciado o dia com quedas de até 14%.

Portugal dá apoio militar à Ucrânia de 126 milhões
28/05/2024 17:31

Assista à talk ?O Leite, uma Força do País?
28/05/2024 17:25

Ucrânia: Muita segurança e hino na receção a Zelensky em Figo Maduro
28/05/2024 16:54

Governo defende que PRR não seria executado "a tempo e horas" com estratégia anterior
28/05/2024 16:47

Lisboa veste vermelho. Grupo EDP com quedas acima de 1%
28/05/2024 16:45

Fatura do IMI enviada às barragens é de 5,1 milhões por ano, em média
28/05/2024 16:13

Espanha reconhece Palestina por ser "necessidade perentória" para a paz
28/05/2024 15:09

Garantia pública: BdP garante ?trabalho contínuo? com Governo mas não emitiu parecer
28/05/2024 14:38

Altice não tem ?nenhuma decisão final? sobre a venda da dona da Meo
28/05/2024 14:33

Centeno avisa que ?reduções de impostos contam como aumento da despesa?
28/05/2024 13:26

Procura de gás natural na UE no valor mais baixo desde 2008
28/05/2024 13:01

Startup Oscar capta seis milhões para se consolidar na Península Ibérica
28/05/2024 12:22

Riscos para a estabilidade financeira diminuíram, diz BdP
28/05/2024 12:11

O setor financeiro escapou aos principais riscos?
28/05/2024 12:00

SUV responsáveis por aumento de 20% das emissões de CO2 relacionadas com energia
28/05/2024 11:04

Medicamentos gratuitos para idosos com CSI avançam já em junho
28/05/2024 10:02

BCE pagou quase dois mil milhões de euros em juros aos bancos portugueses em pouco mais de um ano
28/05/2024 09:00

Galp estuda investimento de 500 milhões no hidrogénio verde
28/05/2024 08:48

5 coisas que precisa de saber para começar o dia
28/05/2024 07:30

O alívio de restrições nas mais-valias, a construção e o apoio a idosos
28/05/2024 07:01

Ajuda

Pesquisa de títulos

Fale Connosco