ÚLTIMAS NO NEGÓCIOS.PT

Centeno: BCE deve estar aberto a um corte dos juros em março
23/02/2024 16:15

Se os dados económicos o permitirem, então o Banco Central Europeu deve, pelo menos, mostrar abertura a um corte nas taxas de juro já no mês que vem. A ideia foi defendida esta sexta-feira por Mário Centeno, governador do Banco de Portugal, que ressalvou, no entanto, que esse é um cenário improvável.

"Em março é quando temos à nossa frente a maior quantidade de novos dados - alguns dados podem dizer-nos para discutirmos cortes das taxas de juro já em março. Não estou a dizer que isso é provável, mas temos de estar abertos", disse Centeno, numa entrevista a partir de Ghent, na Bélgica, citado pela Bloomberg.

"Se realmente somos dependentes dos dados e se decidimos reunião a reunião, então todas as possibilidades estão em aberto. Temos de olhar para os dados", frisou.

Centeno, que participa numa reunião entre ministros das Finanças europeus e governadores de bancos centrais, lembrou que, nos últimos meses, a inflação - a métrica central para a definição da política monetária - tem estado "de forma consistente abaixo das previsões - e o crescimento também".

"Este é um sinal de que os riscos de abrandamento que identificámos nas duas últimas previsões se materializaram. A inflação pode até ficar abaixo dos 2% - mesmo que temporariamente - algures este ano, e depois flutuar em torno dos 2% - que é o que queremos", sublinhou.

Os decisores da política monetária reunem-se em menos duas semanas com novas projeções económicas em cima da mesa. A maioria é a favor de um primeiro corte em junho, mas alguns não afastam a possibilidade de isso acontecer mais cedo.

Em Ghent, Centeno falou ainda da recuperação salarial, esperada este ano, algo que considera "um bom sinal". "Não nos devemos deixar perturbar por isso. A meu ver, o aumento salarial continua a ser compatível com a estabilização dos preços, tal como tem acontecido até agora. Os salários reais caíram até 8% na Zona Euro", comentou.

G7 aprova criação de ?mesa de emergência? permanente sobre transporte marítimo
13/04/2024 20:40

Bloco afirma que ?Governo toma Portugal por parvo? quanto à redução do IRS
13/04/2024 19:54

PCP acusa Governo de fraude e de só querer reduzir impostos a grandes empresas
13/04/2024 19:32

Governo pede a portugueses que estejam em Israel para regressarem
13/04/2024 19:18

Futuros donos da Greenvolt querem chegar a um bilião de dólares em ativos
13/04/2024 19:00

Mais de 100 antigos combatentes vão entrar em greve de fome em 24 de abril
13/04/2024 18:00

Índia pede a Irão que garanta segurança de 17 indianos em navio português capturado
13/04/2024 16:52

Governo brasileiro suspende publicidade na rede social X após críticas de Musk
13/04/2024 16:12

Poiares Maduro: Há um grande desafio pela frente e "a UEFA está a enterrar a cabeça na areia"
13/04/2024 15:42

Hugo Soares: Primeiro-ministro ?não mentiu? e foi ?cristalino? sobre alívio fiscal
13/04/2024 14:21

PS pede debate de urgência com ministro das Finanças sobre redução do IRS
13/04/2024 14:14

Governo diz ser ?indesmentível? que corte no IRS leva a menos 1,5 mil milhões face a 2023
13/04/2024 14:05

Décio fez-se empresário em Penha Longa aos 24 anos e já emprega 200 pessoas
13/04/2024 13:45

Portugal pede esclarecimentos a Teerão sobre navio apresado no estreito de Ormuz
13/04/2024 13:13

Forças iranianas assaltam navio com bandeira portuguesa no estreito de Ormuz
13/04/2024 12:21

Web Summit no Brasil é rampa para portugueses em mercado fundamental
13/04/2024 10:10

Portugal precisa de construir 45 mil casas por ano para resolver crise habitacional
13/04/2024 10:08

TAP: Primeiro ano de Luís Rodrigues na liderança marcado por lucro recorde
13/04/2024 09:31

PSP alerta para burlas relacionadas com investimentos nas redes sociais
13/04/2024 09:19

México é o principal produtor de fentanil ilegal mas não tem o suficiente para uso médico
13/04/2024 09:13

Ajuda

Pesquisa de títulos

Fale Connosco