ÚLTIMAS NO NEGÓCIOS.PT

Sandra Maximiano: ser independente "não exclui diálogo" com "stakeholders"
30/11/2023 14:07

"Nós não podemos chegar e impor a alteração dos comportamentos", considera Sandra Maximiano, mas a académica escolhida pelo Governo para liderar a Anacom entende que "o diálogo é muito importante" e poderá ajudar a fazer face a "comportamentos extremados" que hoje identifica em consumidores e operadores.

São "comportamentos quase de irracionalidade de ambas as partes", lamentou, na audição de Economia, Inovação e Obras Públicas. "Não existe sequer um entendimento para se falar dos problemas".

Depois do mandato de João Cadete de Matos, que foi marcado por uma relação muito atribulada com os operadores do setor, Sandra Maximiano promete fazer pontes:"Sou uma pessoa totalmente independente, quer do poder político, quer dos agentes económicos", garantiu, mas "ser independente não exclui naturalmente a cooperação institucional com os órgãos de soberania nem a abertura ao diálogo com os stakeholders e com a sociedade".

A responsável acrescenta que é "uma pessoa idónea, com valores éticos fortes, que valoriza a transparência, a responsabilização, a fundamentação empírica e o rigor científico na tomada de decisão".

Por ser um setor "caracterizado por ondas tecnológicas de grande impacto económico e social, com ciclos de inovação cada vez mais curtos, que opera num contexto de incerteza, agravado pelas tensões geopolíticas e financeiras globais", Sandra Maximiano diz ainda ser "de máxima importância a garantia de um quadro regulatório estável e previsível, assente num conceito de eficiência dinâmica".

Ou seja, "é essencial promover a concorrência, em articulação com a respetiva autoridade no quadro das respetivas competências, por forma a garantir a defesa dos interesses dos consumidores, mas sem descurar a continuidade do investimento em inovação e tecnologia e segurança cibernética".

E considera que também é preciso "incorporar uma visão comportamental da regulação, de modo a promover eficazmente a concorrência e a proteger efetivamente os direitos dos consumidores".

Portugal recebeu 118 mil pessoas em 2023 e "metade tinha nacionalidade portuguesa", sublinha Gonçalo
03/03/2024 19:04

A sua semana dia a dia: Acelera época de contas do PSI e BCE reúne-se
03/03/2024 19:00

OPEP+ vai manter cortes até meados do ano
03/03/2024 14:25

Reddit aponta para avaliação que pode chegar aos 6 mil milhões de euros
03/03/2024 11:01

Gonçalo Matias rejeita ?crise de regime ou institucional?
02/03/2024 21:00

Sul-coreana Hanon inaugura novo centro de engenharia em Palmela
02/03/2024 19:00

Sánchez adverte que alma da UE "está em risco" e pede combate à ameaça populista
02/03/2024 12:50

Greve que ameaçava parar comboios a 5 e 7 de março foi desconvocada
02/03/2024 12:14

Cavaco Silva avisa que voto no Chega irá ajudar o PS
02/03/2024 11:25

Ocupação turística no Algarve para a Páscoa com reservas acima de há um ano
02/03/2024 10:27

Medina aplaude subida de "rating". "Todos ficam mais protegidos dos atuais juros altos"
01/03/2024 22:01

S&P 500 e Nasdaq marcam novos recordes com ajuda da inteligência artificial
01/03/2024 21:19

S&P sobe "rating" de Portugal para clube do A
01/03/2024 21:04

MH-1: Portugal regressa ao espaço na segunda-feira a partir da Califórnia
01/03/2024 19:29

Rui Alpalhão: ?Não percebo a ideia de se acabar com as recessões?
01/03/2024 18:00

Número de operações na Caixa Geral de Depósitos cresceu em dia de greve
01/03/2024 17:52

Sonae emite 400 milhões de dívida a quatro anos para financiar OPA sobre Musti
01/03/2024 17:41

A bolha e as sete magníficas
01/03/2024 17:30

Vendas de automóveis crescem 17,5% até fevereiro e já superam 2019
01/03/2024 17:01

Lisboa estreia março no verde com impulso das energéticas
01/03/2024 16:49

Ajuda

Pesquisa de títulos

Fale Connosco