ÚLTIMAS NO NEGÓCIOS.PT

Membros da Fed baralham Wall Street. Farfetch afunda 53% e ações já valem menos de 1 dólar
29/11/2023 21:14

Os principais índices em Wall Street encerraram maioritariamente em baixa, ao mesmo tempo que as "yields" da dívida norte-americana vão aliviando para mínimos de vários meses, numa altura em que aumenta o otimismo relativamente à possibilidade de um corte nas taxas de juro diretoras pela Reserva Federal.

O industrial Dow Jones avançou 0,04% para 35.430,55 pontos, enquanto o Standard & Poor's 500 cedeu 0,09% para 4.550,59 pontos. Ainda assim, o índice de referência mundial está a caminho do maior ganho mensal desde julho de 2022 ao subir mais de 8,5% no mês. Já o tecnológico Nasdaq Composite recuou 0,16% para 14.258,49 pontos.

Os investidores estão ainda a avaliar os dados do PIB dos Estados Unidos referentes ao terceiro trimestre, que cresceu 5,2%, uma revisão em alta face à anterior estimativa de 4,9% e acima do esperado pelos analistas. Foi a maior expansão da economia do país desde o quarto trimestre de 2021 e afasta para já os receios de uma recessão na maior economia mundial.

Os investidores centraram-se ainda nos comentários do presidente da Fed de Richmond, Thomas Barkin, que se mostrou cético quanto à possibilidade de a Reserva Federal já ter terminado o ciclo de subida das taxas de juro diretoras, mantendo a hipótese de um novo aumento, caso a inflação volte a subir.


"Os investidores estão a ir com a tendência que, neste momento, é de alta à medida que o ano chega ao fim", disse à Reuters Sam Stovall, "chief investment strategist" da CFRA Research.

"Os investidores aguardam um novo catalisador - um de confiança - para ajudar a mudar a direção do mercado para 'overdrive' para que possa avançar em dezembro", acrescentou.

Entre os principais movimentos de mercado está a General Motors que disparou 9,38%, depois de a empresa ter anunciado um aumento do dividendo e um programa de recompra de 10 milhões de dólares em ações.

A Farfetch acabou por tombar 53,63% para 0,97 dólares, após ter cancelado o reporte de resultados financeiros entre janeiro e setembro, agendado para esta terça-feira. A tecnológica que se tornou no primeiro unicórnio português em 2015 entrou em bolsa em setembro de 2018 a valer 20 dólares por ação.

Através de um comunicado a empresa informou que "não anunciará seus resultados financeiros do terceiro trimestre de 2023 e não realizará a habitual conferência pelo telefone com analistas e investidores".

"A empresa espera fornecer uma atualização de mercado no devido tempo. Neste momento, não fornecerá quaisquer previsões ou orientações, e quaisquer previsões ou orientações anteriores não deverão ser consideradas confiáveis", advertiu a tecnológica, lançando mais uma nuvem negra de incerteza sobre o seu futuro.

Sobe e desce na semana não impede PSI de fechar em alta. Jerónimo Martins ganha 3%
23/02/2024 16:50

Centeno: BCE deve estar aberto a um corte dos juros em março
23/02/2024 16:15

Preços dos combustíveis aliviam na próxima semana. Gasóleo baixa três cêntimos e gasolina 1,5
23/02/2024 15:38

Negócios vence prémio da Euronext Lisbon
23/02/2024 15:30

EUA anunciam sanções a 500 entidades russas. É o maior pacote desde o início da guerra
23/02/2024 15:10

Volumes de transporte marítimo no Canal do Suez caem 55% numa semana
23/02/2024 14:38

Só 12% dos potenciais ?falsos recibos verdes? foram regularizados. ACT avança com inspeções
23/02/2024 14:25

A era digital e a revolução no posto de trabalho
23/02/2024 14:00

Contas de serviços mínimos bancários crescem 19% para 222 mil
23/02/2024 13:04

CAP vai juntar-se a protesto em Bruxelas em dia de reunião de ministros da Agricultura da UE
23/02/2024 12:50

Engarrafadora da Coca-Cola "bebe" 3.325 milhões de euros em receitas na Península Ibérica
23/02/2024 11:36

Sonangol diz que "há muita pressão" para vender posição no BCP
23/02/2024 11:11

Quebra no investimento penalizou PIB alemão no final de 2023
23/02/2024 10:58

Farfetch fechou escritórios de Braga em setembro
23/02/2024 10:11

Espanha cria observatório para reduzir impacto das alterações climáticas na saúde
23/02/2024 10:03

Advogado do Diabo com Ricardo Rio: "Há uma visão de que tudo se resolve através de políticas fiscais
23/02/2024 10:00

Medina acredita que PIB pode crescer 1,5% em 2024 apesar de previsões pessimistas
23/02/2024 09:34

Limpeza de inscritos no SNS retirou 100 mil das listas
23/02/2024 09:23

Bolsa de Lisboa na linha de água. Corticeira sobe mais de 1% mas Mota-Engil pressiona
23/02/2024 08:15

O Metro a derrapar, a falha no travão à caducidade, a Soma dos Dias e o seu Weekend
23/02/2024 07:30

Ajuda

Pesquisa de títulos

Fale Connosco