ÚLTIMAS NO NEGÓCIOS.PT

PSD acusa PS de ?desbaratar maioria? e ?deixar o país mais pobre?
29/11/2023 14:06

"Um Governo incapaz de governar e resolver os problemas de Portugal", que "se entregou em casos e casinhos" e desbaratou a maioria conseguida nas últimas eleições, colocando o país "na rota do empobrecimento". Joaquim Miranda Sarmento, líder da bancada parlamentar do PSD encerrou o debate do Orçamento do Estado para 2024 com críticas cerradas ao Governo, e em particular a António Costa. 


O deputado social-democrata acusou António Costa de "falta de bom senso" ao rodear-se de pessoas como Vítor Escária, Diogo Lacerda Machado ou João Galamba e de "delegar importantes funções do Estado" de "forma leviana e irresponsável" e de criar "uma guerra institucional com o Presidente da República".


O Governo socialista, considerou, "não tem estratégia nem rumo para o país" e "basta de desculpas, promessas, planos e powerpoints". "Este é mais um OE socialista que falha nas mudanças estruturais de que o país precisa", de um partido que "agora finalmente defende a necessidade de equilíbrio orçamental e redução da dívida pública". 


"Se o país está hoje mais pobre, na cauda da Europa e com menos perspetivas de futuro, isso deve-se às políticas erradas do PS", referiu Miranda Sarmento. 


"Já ninguém no PS quer pôr as pernas dos banqueiros alemães a tremer", continuou, numa referência às declarações de Pedro Nuno Santos, na altura da troika, quando, então líder da bancada do PS, afirmou: "Estou-me marimbando para os nossos credores. Ou os senhores se põem finos ou nós não pagamos. E se nós não pagarmos a dívida e se lhes dissermos, as pernas dos banqueiros alemães até tremem!".


Pedro Nuno Santos foi, aliás, um dos alvos de Miranda Sarmento. Com ele, sublinhou, o PS vai "encostar à extrema esquerda", "um candidato que em ministro foi um desastre, com decisões tomadas por whatsapp, impreparado e impulsivo que será para o país ainda mais trágico". 


Já em campanha, como, aliás todos os partidos que esta quarta-feira discursaram no Parlamento, o líder da bancada Laranja voltou a enunciar as prioridades e promessas orçamentais do seu partido e acusou a maioria socialista de fazer aprovar o Orçamento "de um governo que ruiu por dentro e em que o PM e o ministro das Finanças já nada mandam. Viu-se isso com o IUC, puro oportunismo político, eleitoralistas barato", acusou. 

Site da Presidência da República reconhecido pela sua acessibilidade
23/02/2024 17:47

Sobe e desce na semana não impede PSI de fechar em alta. Jerónimo Martins ganha 3%
23/02/2024 16:50

Centeno: BCE deve estar aberto a um corte dos juros em março
23/02/2024 16:15

Preços dos combustíveis aliviam na próxima semana. Gasóleo baixa três cêntimos e gasolina 1,5
23/02/2024 15:38

Negócios vence prémio da Euronext Lisbon
23/02/2024 15:30

EUA anunciam sanções a 500 entidades russas. É o maior pacote desde o início da guerra
23/02/2024 15:10

Volumes de transporte marítimo no Canal do Suez caem 55% numa semana
23/02/2024 14:38

Só 12% dos potenciais ?falsos recibos verdes? foram regularizados. ACT avança com inspeções
23/02/2024 14:25

A era digital e a revolução no posto de trabalho
23/02/2024 14:00

Contas de serviços mínimos bancários crescem 19% para 222 mil
23/02/2024 13:04

CAP vai juntar-se a protesto em Bruxelas em dia de reunião de ministros da Agricultura da UE
23/02/2024 12:50

Engarrafadora da Coca-Cola "bebe" 3.325 milhões de euros em receitas na Península Ibérica
23/02/2024 11:36

Sonangol diz que "há muita pressão" para vender posição no BCP
23/02/2024 11:11

Quebra no investimento penalizou PIB alemão no final de 2023
23/02/2024 10:58

Farfetch fechou escritórios de Braga em setembro
23/02/2024 10:11

Espanha cria observatório para reduzir impacto das alterações climáticas na saúde
23/02/2024 10:03

Advogado do Diabo com Ricardo Rio: "Há uma visão de que tudo se resolve através de políticas fiscais
23/02/2024 10:00

Medina acredita que PIB pode crescer 1,5% em 2024 apesar de previsões pessimistas
23/02/2024 09:34

Limpeza de inscritos no SNS retirou 100 mil das listas
23/02/2024 09:23

Bolsa de Lisboa na linha de água. Corticeira sobe mais de 1% mas Mota-Engil pressiona
23/02/2024 08:15

Ajuda

Pesquisa de títulos

Fale Connosco