ÚLTIMAS NO NEGÓCIOS.PT

BdP: Banco CTT é o mais reclamado nos contratos de crédito à habitação
28/03/2023 20:17

O Banco CTT registou o maior número de reclamações nos contratos de crédito à habitação e hipotecário em 2022. Foram 6,36 reclamações por mil contratos de crédito à habitação, revelou o Relatório de Supervisão Comportamental divulgado esta terça-feira pelo Banco de Portugal (BdP).

Em segundo lugar está o Abanca, com 1,98 reclamações por mil contratos de crédito para habitação, e em terceiro o Montepio com 1,37 reclamações por mil contratos. A média do BdP foi de 117 reclamações por cada 100 mil contas de depósito.

Na lista encontram-se ainda as cinco maiores instituições bancárias a operar em Portugal, como o Novo Banco (1,27), Caixa Geral de Depósitos (1,26), BPI (1,08), Santander Totta (1,05) e BCP (1,02).

Estes bancos "tiveram, em média, mais do que uma reclamação por trimestre em 2022", indica ainda o supervisor nacional.

No caso do crédito ao consumo, o pódio é liderado pela FCA Capital, com 4,79 reclamações por mil contratos de crédito ao consumidor, seguido pelo RCI Banque (1,99) e o Santander Consumer Finance (1,84), sendo que a média do sistema é de 48 reclamações por cada 100 mil contratos de crédito aos consumidores.

Já nas contas dos depósitos à ordem, a lista é encabeçada pelo AtivoBank, do BCP, que registou o maior número de reclamações em 2022, de 0,73 reclamações por mil contas de depósitos. Em segundo lugar está o Abanca, com 0,62 reclamações por mil contas, e em terceiro o Banco CTT com 0,55 reclamações por mil contas.

A média do BdP foi de 35 reclamações por cada 100 mil contas de depósito.

No ano passado, o Banco de Portugal recebeu 1815 reclamações por mês, mais 12,7% do que em 2021. E foram encontradas irregularidades em 2,2% das reclamações encerradas. Os produtos que registaram maior número de reclamações foram "o crédito aos consumidores, os cartões de pagamento e o crédito à habitação e hipotecário", o que resulta num total de 79,1%.

Marques Mendes: "Nuno Rebelo de Sousa, com este silêncio, está também a prejudicar o pai"
23/06/2024 21:26

Marcelo defende que fugas ao segredo de justiça são ponto importante na reforma do setor
23/06/2024 21:01

Pedro Nuno considera absurda ideia do PSD de haver aliança entre PS e Chega
23/06/2024 20:55

A sua semana dia a dia: resultados da Greenvolt, dividendo da Glintt e depósitos
23/06/2024 19:00

CEO da Engie alerta contra saída de França do mercado europeu da energia. Há "risco de blackout"
23/06/2024 17:13

Negócios Record: "A centralização dos direitos é essencial para um futebol português mais forte"
23/06/2024 16:00

Scholz recebe Milei para falar da reforma argentina e do seu impacto na população
23/06/2024 15:32

Montenegro deixa recado a PS e Chega: "Preocupem-se menos em juntarem-se um com o outro, juntem-se a
23/06/2024 14:17

Corte de energia no aeroporto de Manchester cancela voos e provoca longas filas
23/06/2024 13:07

Livre pede reuniões a PS, BE, PCP e PAN para discutir próximos desafios políticos
23/06/2024 12:23

Livre pede reuniões a PS, BE, PCP e PAN para discutir próximos desafios políticos
23/06/2024 12:23

Paula Franco: Fisco tem de manter atendimento ?olhos nos olhos?
23/06/2024 11:11

Sondagem do FT indica que franceses confiam mais no partido de Le Pen para a economia
23/06/2024 11:08

Ministro da Economia alemão foi à China pedir ao país que se desligue do carvão
23/06/2024 10:50

Estado quis isenção de custas em processo contra a EDP. Supremo rejeitou
23/06/2024 10:05

Metalurgia defende controlo de Bruxelas à importação de produtos acabados
23/06/2024 09:32

Paula Franco: IRS deve continuar a descer no próximo Orçamento do Estado
22/06/2024 21:00

Euro2024: Portugal nos 'oitavos' como vencedor do Grupo F ao bater Turquia
22/06/2024 18:55

Morreu o presidente da administração do Metro de Lisboa, Vitor Domingues dos Santos
22/06/2024 16:37

IL debate estatutos e programa político em convenção não eletiva de 5 a 7 de julho
22/06/2024 15:54

Ajuda

Pesquisa de títulos

Fale Connosco