Este website utiliza cookies para ter uma melhor experiência de navegação e utilização.
Ao navegar está a consentir a utilização dos cookies associados ao site.

ÚLTIMAS NO NEGÓCIOS.PT

CUF com prejuízos de 20 milhões de euros no semestre por causa de pandemia
11/08/2020 21:56

A CUF fechou o primeiro semestre com prejuízos de 20 milhões de euros, um valor que compara com o resultado líquido de 22,4 milhões de euros alcançados em igual período do ano passado, informou o grupo hospitalar em comunicado emitido à CMVM.

Este resultado é explicado pela empresa pelo impacto da pandemia da covid-19 que se refletiu nas contas da CUF principalmente nas últimas semanas de março e nos meses de abril e maio. Em junho a empresa registou já uma "recuperação significativa da atividade assistencial, traduzindo-se em proveitos operacionais 2% acima do período homólogo no segmento privado", evidenciando, assim, "um sinal positivo quanto à recuperação que se espera possa manter-se no segundo semestre do exercício", acrescenta.

Antes deste período, nos meses de janeiro e fevereiro, os proveitos operacionais no segmento dos cuidados de saúde privados apresentaram um crescimento face ao homólogo de 9,6%. No entanto, durante o período de confinamento iniciado a 19 de março, "ocorreu uma inversão da trajetória de crescimento da atividade que se verificava até esse momento, prejudicando a performance nos meses de março, abril e maio", detalha a CUF.

O EBITDA seguiu a mesma tendência de queda registada no acumulado do semestre, tendo deslizado 86,4% para 8 milhões de euros prejudicado pela quebra da atividade.

Nos primeiros seis meses deste ano as receitas totalizaram 229,2 milhões de euros, o que representa uma redução de 40,2% face ao período homólogo. "Excluindo a atividade de Braga e os efeitos extraordinários em 2019, a diminuição dos proveitos operacionais face ao primeiro semestre de 2019 é de 19,2%, refletindo o impacto da pandemia de covid-19", detalha.

Já o rácio de dívida líquida sobre EBITDA "aumentou de 4,48x, no final de 2019, para 10,79x, por via da redução acentuada do EBITDA e do aumento da dívida financeira líquida consolidada em 61,9 milhões de euros para 500,7 milhões de euros".

A CUF explica ainda que o aumento da dívida decorre da conclusão do plano de investimento, nomeadamente do hospital CUF Tejo e do hospital CUF Sintra, bem como do recurso a linhas de financiamento de curto-prazo, no âmbito do contexto da pandemia de covid-19.

Tecnológicas dão gás a Wall Street
01/10/2020 21:22

Covid-19: Plano de saúde Outono-Inverno "fica aquém das necessidades", diz CNS
01/10/2020 20:41

Presidente da Altice diz que vai avaliar concurso para instalação de cabos submarinos
01/10/2020 20:35

Marcelo pede convergência e o diálogo para superar crise económica
01/10/2020 20:13

Governo aceita proibir provisoriamente fim dos contratos coletivos
01/10/2020 20:01

Obrigatório
01/10/2020 19:25

REN: Consumo de eletricidade com queda acumulada de 3,5% desde o início do ano
01/10/2020 19:21

CP denunciou contrato com Servirail para comboios internacionais
01/10/2020 18:56

5G: "Respeitamos o direito de Portugal tomar as suas próprias decisões", diz subsecretário dos EUA
01/10/2020 18:51

Bolsa de Tóquio não negociou hoje devido a falha no hardware. Nunca tinha acontecido
01/10/2020 18:42

Marcelo defende que Europa deve ser uma potência política para garantir equilíbrio
01/10/2020 18:06

Comércio propõe redução de IRC para empresas que não despeçam
01/10/2020 18:00

Rita Marques: Norte merecia "há muito tempo uma só voz" para o turismo
01/10/2020 17:55

TAP: Prioridade continua a ser recuperar empresa após saída de administradores
01/10/2020 17:42

FC Porto defronta Manchester City, Olympiacos e Marselha na Liga dos Campeões
01/10/2020 17:22

Covid-19: Reino Unido registou 6.914 novas infeções e 59 mortes e impõe mais restrições
01/10/2020 17:15

Vendas de automóveis caem menos de 10% pelo segundo mês seguido
01/10/2020 17:07

PSI-20 sobe com Renováveis e Jerónimo a registarem maior subida em três meses
01/10/2020 16:48

Ter carro elétrico em Portugal já é mais barato do que gasóleo e gasolina no segmento médio familiar
01/10/2020 16:19

Norte abandona ?estratégia bicéfala? na promoção turística
01/10/2020 16:15

login

Pesquisa de títulos

Fale Connosco