Este website utiliza cookies para ter uma melhor experiência de navegação e utilização.
Ao navegar está a consentir a utilização dos cookies associados ao site.

ÚLTIMAS NO NEGÓCIOS.PT

Estádio do Estrela a preço de saldo após ter falido há 12 anos com dívidas de 37 milhões
06-03-2021 11:42

Uma dúzia de anos depois de ter falido com dívidas de 36,8 milhões de euros, tendo o Estado como principal credor, e depois de o seu primeiro administrador de insolvência ter sido "despedido" por justa causa, o estádio do Estrela da Amadora voltou em novembro passado à praça. Valor base: seis milhões de euros.

 

A SAD do Estrela da Amadora, que joga neste recinto, apresentou, na altura, uma proposta de aquisição do estádio no valor de dois milhões de euros, mas terá sido rejeitada pelos credores, porquanto, este sábado, 6 de março, a leiloeira Onifix voltou a publicitar um novo leilão do ativo.

 

Desta vez, o Estádio José Gomes, também conhecido por Reboleira, está á venda por um valor mínimo de 5,1 milhões de euros, incluindo campo de treinos e edifício onde funciona o bingo.

 

Os interessados deverão ter em conta duas fortes condicionantes.

 

O Clube Desportivo Estrela, que surgiu após a extinção do Estrela da Amadora e que fundiu-se em 2020 com o Club Sintra Football, celebrou com a massa falida do falido clube um contrato de cedência temporária de utilização do estádio da Reboleira, com uma renda anual de 20 mil euros e que termina a 30 de junho de 2021.

 

Já o bingo está subconcessionado à Pataca da Sorte, que paga uma renda de 10 mil euros mensais, de acordo com um contrato iniciado em novembro de 2014 e que só termina em novembro de 2024.

 

E algo que joga a favor da entidade da inquilina do estádio: o espaço apenas poderá ter este fim, pois no Plano Diretor Municipal (PDM) o recinto está implantado em área de equipamento, não podendo haver construção de imóveis no local.

 

O Clube de Futebol Estrela da Amadora, que venceu a Taça de Portugal em 1990 - penhorada por dívidas a um jogador e à guarda do tribunal -, jogou pela última vez na Reboleira a 2 de maio de 2010, já na divisão secundária, com uma derrota frente ao Real Massamá.

 

Já o clube que lhe sucedeu lidera a Série G do Campeonato de Portugal.

 

Primeiro administrador de insolvência foi despedido por "justa causa"

 

O Estrela da Amadora foi declarado insolvente em 29 de setembro de 2009. Sem meios próprios ou de crédito para cumprir as suas obrigações financeiras, ficou impedido de inscrever-se na principal liga de futebol.

 

Em fevereiro de 2011, os credores chumbaram o plano de recuperação do clube, que à época apresentava uma dívida de 36,8 milhões de euros, dos quais 12,5 milhões ao Fisco e 2,3 milhões de euros à Segurança Social.

 

Resultado: o Tribunal do Comércio de Sintra determinou a liquidação do seu património, que seria colocado em hasta pública para venda.

 

Nos dois anos seguintes, os ativos do clube, constituídos sobretudo pelo estádio, campo de treinos e edifício onde funciona o bingo, viriam a registar duas tentativas de venda, que deram em nada. O recinto de futebol foi entretanto alugado, tendo o bingo sido subconcessionado à Pataca da Sorte.

 

Desde então, até há pouco mais de um ano, nunca mais se ouviu falar deste processo de insolvência. Entretanto, conforme o Negócios revelou em setembro de 2019, o caso sofreu um longo impasse devido, entre outros fatores, à polémica conduta do seu primeiro administrador de insolvência (AI), Paulo Sá Cardoso.

 

Um despacho judicial datado de março do 2018 relata que, apesar de sucessivamente notificado para o efeito, em todos estes anos, desde 2011 que Cardoso não prestava contas relativas à exploração da sala de jogo.

 

Uma das vezes alegou que a demora "ficara a dever-se ao elevado volume do processo e de solicitações profissionais", tendo pedido, diversas vezes, a prorrogação do prazo para apresentação de contas. A comissão de credores até viria a autorizá-lo a contratar um colaborador "para auxílio na elaboração das contas". Nada adiantou.

 

Após o fim do último prazo concedido, em 31 de janeiro de 2018, os principais credores do clube insolvente constataram que o AI nem sequer "apresentou qualquer justificação para o seu comportamento omissivo".

 

Face à "factualidade aduzida", o tribunal concluiu que "foram violadas as obrigações processuais que se impunham ao AI no domínio das suas funções, designadamente quanto à violação reiterada da obrigação de apresentação de contas, e violação dos deveres impostos pelo EAJ [Estatuto do Administrador Judicial]", pelo que, "ocorrendo justa causa", determinou a "destituição imediata do AI nomeado".

 

Para o lugar do afastado Cardoso foi nomeado, em abril de 2018, o conhecido gestor judicial Jorge Calvete.

 

 

ANA tem "pela primeira vez" resultados negativos em 2020
20-04-2021 13:21

As novidades do Salão Automóvel de Xangai que espera receber 1 milhão de visitantes
20-04-2021 13:18

Montijo ou Alcochete: ANA diz que lhe é "indiferente" a solução
20-04-2021 13:10

Claranet compra brasileira Mandic
20-04-2021 12:44

Mercadona constrói bloco logístico em Almeirim para servir Lisboa
20-04-2021 12:26

Circulação em Portugal na segunda-feira já foi igual ou superior à era pré-covid
20-04-2021 12:23

Exportações de vinhos cresceram 3% até fevereiro apesar de quebra nos principais destinos
20-04-2021 12:11

Bruxelas multa três empresas ferroviárias da UE em 48 milhões de euros por cartel
20-04-2021 12:02

Região de Setúbal diz que há impactos do aeroporto do Montijo que "não são mitigáveis"
20-04-2021 11:48

Banca aperta critérios de concessão de crédito no arranque do ano
20-04-2021 11:16

Biden equaciona cortar níveis de nicotina nos EUA. Dona da Marlboro perde 6 mil milhões num dia
20-04-2021 11:08

Número de desempregados inscritos é o mais alto em quase quatro anos
20-04-2021 10:57

Novo Banco: Aberta investigação sumária devido a divulgação de relatório secreto do Banco de Portuga
20-04-2021 10:48

Taiwan vende vacinas AstraZeneca a 17 euros para evitar que expirem
20-04-2021 10:21

Banco de Inglaterra junta-se aos pares no estudo de uma moeda digital
20-04-2021 09:49

Laschet é a escolha da CDU para suceder a Merkel à frente do governo alemão
20-04-2021 09:48

236 mil contribuintes já receberam reembolso de IRS
20-04-2021 09:15

Governo quer contrato do SIRESP mais seis meses mas Altice recusa renovar
20-04-2021 08:57

Modernização de aviões C-130 com atraso "crítico" num 2020 prejudicado pela pandemia
20-04-2021 08:35

Trabalhadores da EDP em greve por aumentos salariais e progressão na carreira
20-04-2021 08:34

login

Pesquisa de títulos

Fale Connosco