Este website utiliza cookies para ter uma melhor experiência de navegação e utilização.
Ao navegar está a consentir a utilização dos cookies associados ao site.

ÚLTIMAS NO NEGÓCIOS.PT

Candidatos à compra da CGD no Brasil avançam para apresentação de propostas vinculativas
22-08-2019 14:52

Já está selecionado o grupo de potenciais compradores das operações da Caixa Geral de Depósitos no Brasil, que vão avançar agora para a fase de apresentação das propostas vinculativas.
 
A resolução que seleciona os investidores que passam a esta fase do processo foi aprovada esta quinta-feira, 22 de agosto, em Conselho de Ministros, e constitui mais um passo decisivo para a alienação do BCG Brasil, que foi contrapartida do plano de recapitalização do banco público.
 
"Foi aprovada a resolução que seleciona os potenciais investidores admitidos a participar na fase subsequente do processo de alienação das ações detidas direta ou indiretamente pela Caixa Geral de Depósitos no capital social do Banco Caixa Geral – Brasil", lê-se no comunicado do Conselho de Ministros.
 
O comunicado acrescenta que "os investidores selecionados serão convidados a desenvolver diligências informativas e a proceder à apresentação de propostas vinculativas de aquisição das ações".
 
Este novo passo no processo de alienação acontece depois de, no início deste mês, o Governo ter aprovado as condições para a venda do BCG Brasil, um dos negócios que o banco público está obrigado a deixar pelo acordo fechado com Bruxelas para a recapitalização.
 
No início deste ano, o banco já havia adiantado que esperava celebrar o contrato de compra e venda do BCG Brasil ainda em 2019, depois de terem dado início aos contactos com investidores no final de 2018.A redução da operação da CGD fora de Portugal ficou definida em 2017 com a Comissão Europeia, como contrapartida da recapitalização do banco público. Em novembro foi aprovada a venda do Banco Caixa Geral, em Espanha, ao Abanca, e do sul-africano Mercantile Bank ao Capitec Bank Limited.
 
O processo estava mais atrasado no Brasil devido ao período de instabilidade política que afetou o país durante o exercício de 2018, como explicou o banco no relatório de contas.

Manuel Monteiro está de regresso ao CDS
21-09-2019 12:49

Como ficará a Cofina após a compra da Media Capital
21-09-2019 12:27

Cofina mantém diferentes linhas editoriais e aposta na criação de conteúdos para exportar
21-09-2019 11:30

Cofina lança OPA sobre a dona da TVI, numa operação de 255 milhões
21-09-2019 09:34

TAP Miles & Go ganha três prémios em Londres
20-09-2019 23:26

BCP coloca 450 milhões em dívida subordinada com juro nos 3,871%
20-09-2019 21:30

Estado injeta mais 18,4 milhões de euros na CP
20-09-2019 16:47

BCP cai mais de 3% e PSI-20 resvala para o vermelho
20-09-2019 16:47

Google vai investir 3 mil milhões para expandir centros de dados na Europa
20-09-2019 15:47

Contratos da semana: Câmara de Lisboa vai gastar mais de meio milhão contra praga de baratas
20-09-2019 12:59

Sonae IM investe na canadiana Daisy
20-09-2019 12:18

Ordem dos Enfermeiros paga 36 mil euros para ter personagem em telenovela da SIC
20-09-2019 11:56

Volume de negócios das empresas abranda em 2018
20-09-2019 11:40

Subida dos preços das casas volta a acelerar. Sobem mais de 10%
20-09-2019 11:03

Grupo Radisson abre dois hotéis em Portugal
20-09-2019 10:56

Forte aumento dos combustíveis após ataques na Arábia Saudita. Gasolina pode subir 4 cêntimos
20-09-2019 10:06

Abertura dos mercados: Europa à deriva após decisões de bancos centrais. Libra em máximos
20-09-2019 09:17

BCP paga mais de 4% para emitir até 500 milhões em dívida subordinada
20-09-2019 08:53

Jerónimo Martins pressiona abertura da bolsa
20-09-2019 08:34

Rio, o homem que quer pôr o jornalismo na ordem
19-09-2019 20:25

login

Pesquisa de títulos

Fale Connosco