Este website utiliza cookies (identificadores de sessão) para ter uma melhor experiência de navegação, utilização e para personalizar o conteúdo e anúncios disponibilizados. Clique aqui para obter mais informação sobre a utilização dos cookies e alterar os parâmetros de gestão de cookies.

Cookies Essenciais

  • Essenciais

  • Analíticos

  • Funcionalidade

  • Remarketing

Cookies Essenciais

São necessárias para otimizar a navegação e aceder a certas áreas e funcionalidades do website (acesso a áreas seguras do website através de um início de sessão). Estes Cookies estão sempre ativados.

Estes Cookies estão sempre Activos

PHAROL, SGPS, SA (PHR)

Exportar para Excel

PHAROL, SGPS, SA (PHR)

Euronext Lisboa
0,069 EUR -1,00% ()
27-09-2022 08:12:23

Pesquisa de novo título

Volume 30.852
VAR (dia) -1,00%
P abertura 0,066
P Máximo 0,0697
P Fecho 0,0697
P Mínimo 0,066
VAR (set) -8,61%
VAR (2022) -8,12%

Gráfico não disponível

Gráfico não disponível

Descrição

A Pharol emerge como a mera redenominação da anterior PT SGPS, procurando esbater as diferenças estruturais, do ponto de vista da nomenclatura, que se verificavam entre a PT SGPS (holding que detém a participação na Brasileira Oi) e a PT Portugal – cuja venda de activos já foi concluída aos franceses da Altice. A emergência de duas entidades totalmente distintas (PT SGPS redenominada Pharol e PT Portugal) resulta do espetacular fracasso do projecto de fusão entre a PT-Oi (anunciado em Outubro de 2013) e que gerou em determinados momentos alguma confusão no mercado, pelo que a criação da Pharol surge precisamente para debelar esse tipo de fricções. O nome Pharol resulta, curiosamente, de um estudo de mercado que a Oi (na época então liderada por Zeinal Bava) tinha encomendado para escolher uma nova marca para a CorpCo, empresa que deveria ter nascido no âmbito da fusão entre a PT e a Oi, mas cuja nomenclatura foi, entretanto, adoptada pela PT SGPS uma vez consumada a separação da PT Portugal. Após a assinatura do novo acordo entre a anterior PT SGPS e a brasileira Oi relativamente aos actuais termos da fusão e após a execução da permuta em 30 de Março de 2015, no momento vigente a Pharol ostenta como principal activo o investimento de 27,5% (participação directa e indirecta na Oi), detendo, para além de uma posição de caixa e equivalentes próxima de EUR 105 mn, ainda os instrumentos de dívida sobre a Rio Forte e a opção de compra sobre 47.434.872 acções ON e 94.869.744 acções PN da Oi – o que permitiria à Pharol o reforço da sua participação na Oi para os anteriores 37,4% do respectivo capital. Adicionalmente, refira-se que a Pharol é liderada por Luís Palha da Silva, subtituindo João Mello Franco no cargo, tendo sido alterada igualmente a sede da empresa para as Amoreiras em Lisboa.

Site: www.ptsgps.pt/pt-pt

Empresas do Sector (Telecomunicações)

Título Quant. Mda Preço Hora Var. P.Mínimo P.Máximo P.Fecho
21.900.419 USD 15,70 21:00:51 -1,88% 15,58 16,17 15,70 info
1.317.219 EUR 17,834 09:00:42 0,59% 17,90 18,028 17,94 info
53.470 EUR 3,412 08:57:01 0,94% 3,428 3,456 3,444 info
469.314 EUR 9,574 09:00:35 -0,15% 9,547 9,614 9,56 info
120.582 EUR 10,69 08:59:56 -0,84% 10,60 10,70 10,60 info
6.142 EUR 1,85 08:00:00 0,00% 1,765 1,85 1,85 info
703.279 EUR 3,582 09:01:23 -0,06% 3,553 3,598 3,58 info
10.814.845 USD 38,89 21:00:54 -1,67% 38,63 39,37 38,89 info

login

Pesquisa de títulos

Fale Connosco