Este website utiliza cookies para ter uma melhor experiência de navegação e utilização.
Ao navegar está a consentir a utilização dos cookies associados ao site.

Warrants

O investimento em warrants possibilita ao investidor ter exposição a mercados e activos subjacentes bastante diversos, nomeadamente acções nacionais e internacionais, índices, moedas e commodities, que, de outra forma, teria maior dificuldade em fazer. Desta forma torna-se possível investir em activos diversificados e internacionais, através de um instrumento – warrants – negociado na bolsa local do investidor ou directamente com o emitente (fora de bolsa).

O investimento em warrants permite utilizar estratégias de hedging, ou seja cobrir o risco de subida ou descida da cotação de um determinado activo subjacente. O propósito das estratégias de hedging é o de mitigar ou mesmo anular a componente de risco de uma determinada posição ou carteira de investimento.

A utilização de warrants permite replicar uma posição de investimento directa no activo subjacente com um investimento inicial bastante mais reduzido. Através de warrants, o investidor obtém uma exposição a variações do preço do subjacente, por exemplo uma acção, que corresponderiam a um investimento bastante superior, caso optasse por adquirir as acções no mercado à vista. O investimento em warrants ao possibilitar aos investidores obter alavancagem permite que, através destes instrumentos, utilizando um investimento muito menor, seja possível replicar a posição num determinado activo subjacente, obtendo assim liquidez.

O efeito de alavancagem financeira permite ainda ao investidor manter a sua posição original e libertar capital para investimentos alternativos. Desta forma, torna-se então possível para o investidor manter a sua posição inicial e ao mesmo tempo diversificar a sua carteira com outros activos (acções, fundos investimento, depósitos a prazo, obrigações ou warrants sobre outros activos), conseguindo assim diversificar o risco global do seu portfolio.

O investimento em warrants possibilita mais valias Independentemente da tendência do mercado, mesmo com o mercado a desvalorizar pode investir em put warrants.

Um aspecto extremamente relevante é a liquidez que este instrumento oferece aos investidores, tornando possível a quem nele investe não necessitar de o manter até à maturidade, podendo transaccioná-lo em bolsa, ou fora de bolsa, em qualquer momento. Esta liquidez é garantida pelo emitente dos warrants, que assume uma função de market-maker, garantindo que durante o período de negociação exista a possibilidade de comprar ou vender um determinado título.

Existe a possibilidade de, através do recurso a warrants, criar diferentes padrões de risco adaptados às expectativas de mercado, bem como ao perfil de risco de cada investidor, com a combinação de diferentes maturidades e preços de exercício, que permitam diferentes níveis de alavancagem. Genericamente, quanto mais afastado estiver o preço de exercício da cotação actual do activo subjacente, maior o nível de alavancagem que o warrant confere, bem como quanto menor a maturidade do warrant maior será o seu efeito de alavancagem.

Pesquisa Warrants Pesquisa Factor Certificates

Produtos de Investimento de Retalho e de Produtos de Investimento com base em seguros (PRIIPs).

  • Produtor do PRIIP – Commerzbank Aktiengesellschaft e Citigroup Global Markets Europe AG

  • Comercializador do PRIIP – Banco de Investimento Global, S.A

  • Entidade responsável pela Publicidade - Banco de Investimento Global, S.A

  • Este produto não é simples e a sua compreensão poderá ser difícil.

  • Pode implicar a perda súbita da totalidade do capital investido

O produto apresenta um risco substancial de liquidez no caso de transação em mercado de balcão.

O risco pode variar significativamente em caso de venda antecipada, podendo ser recebido um valor inferior.

Para mais informações sobre o Perfil de Risco e de Remuneração do PRIIP, consulte por favor Documento de Informação Fundamental (DIF), disponível em BiG.pt e nas páginas dos produtos da Entidade Emitente.

Pesquisa de títulos