Este website utiliza cookies para ter uma melhor experiência de navegação e utilização.
Ao navegar está a consentir a utilização dos cookies associados ao site.
Produto Financeiro Complexo

Warrants

O uso de warrants implica alguns cuidados a ter face ao investimento em acções ou obrigações, que advêm da sua forte capacidade de alavancagem, levando assim à necessidade de ter em conta algumas regras importantes:

O investidor deverá ter em atenção que corre o risco de perder a totalidade do montante investido no warrant num curto espaço de tempo. Este risco reflete a natureza do warrant como um activo que perde todo o seu valor na maturidade. Se o investidor detiver o warrant até à maturidade (isto é, se não o exercer, nem vender) e se o mesmo se encontra out-of-the-money, irá perder a totalidade do montante que investiu.

O investidor deverá estar convencido de que o potencial de valorização (call warrrants) ou queda (put warrant) do activo subjacente é elevado, levando a ganhos potenciais no mercado de warrants elevados. O investidor deverá ainda apostar em activos em que espere bastante volatilidade, pois caso contrário o efeito temporal torna-se muito prejudicial.

Ter perfeita consciência do risco que pretende assumir, pois este vai influenciar o tipo de maturidade que deseja, assim como o preço de exercício que mais se adequa a esse risco. Assim o investidor deverá ter consciência de que se comprar um warrant cujo preço de exercício se aproxima bastante do preço actual do activo, e se o adquirir com uma maturidade mais longa, ficará com uma posição muito próxima de uma posição no mercado à vista, e as suas possibilidades de alavancar o lucro são baixas.

É importante ainda o investidor conhecer bem os seus objectivos no investimento em warrants se estivermos a falar de uma posição especulativa. Isto porque a alavancagem provoca fortes valorizações e desvalorizações na posição, sendo que uma evolução negativa poderá levar rapidamente à perda total do investimento inicial. Assim, o investidor deverá fixar o nível máximo de ganhos e de perdas que está disposto a assumir para uma determinada posição em warrants. Estes limites deverão ser fixados de acordo com a evolução do activo subjacente, visto que os outros factores que provocam alterações no preço do warrant, tais como a volatilidade, a taxa de juro, etc, têm uma evolução e efeitos mais dificeis de controlar;

De forma a auferir da evolução do investimento, o investidor deverá seguir atentamente a evolução do activo e a sua volatilidade, para além do efeito de perda de valor devido ao theta quando o warrant se aproxima da maturidade.

Novamente devido ao elevado risco que este tipo de investimento representa, nunca deverá financiar o mesmo com conta-margem ou outro tipo de financiamento, pois isto fomenta ainda mais o efeito de alavancagem.

Caso não seja intenção do investidor exercer o warrant, será importante revendê-lo em mercado antes da data de maturidade, de forma a não perder o seu valor temporal.

Pesquisa Warrants Pesquisa Factor Certificates

Um investimento responsável exige que conheça as suas implicações e que esteja disposto a aceitá-las.

ADVERTÊNCIAS ESPECÍFICAS AO INVESTIDOR

  • Pode implicar a perda súbita da totalidade do capital investido
  • Pode proporcionar rendimento nulo ou negativo
  • Pode ser reembolsado antecipadamente, por opção do emitente
  • Pode ser reembolsado antecipadamente, por verificação de condição de reembolso antecipado
  • Está sujeito ao risco de crédito dos emitentes
  • Está sujeito a potenciais conflitos de interesses na actuação do agente de cálculo
  • Implica que sejam suportados custos, comissões ou encargos
  • Implica ou pode vir a implicar que o investidor suporte custos de cobertura de risco do emitente ou outros
  • Não é equivalente à aquisição ou transacção inicial dos activos subjacentes

Pesquisa de títulos