Este website utiliza cookies para ter uma melhor experiência de navegação e utilização.
Ao navegar está a consentir a utilização dos cookies associados ao site.

Fale Connosco

ACÇÕES

Uma vez que as acções são produtos que envolvem risco de perda parcial ou mesmo total do capital investido, naturalmente poderão não ser adequados ao perfil de todos os clientes. Refira-se que as acções estão expostas a riscos endógenos e exógenos lógicos, isto é, no primeiro caso poderá assistir-se a flutuações de preço das acções que decorrem da evolução (positiva/negativa) do desempenho operacional e financeiro da própria empresa, ao passo que os riscos externos envolvem, sobretudo, alterações das expectativas dos investidores sobre as diferentes variáveis que influenciam a evolução dos mercados financeiros – seja ao nível da análise sobre a conjuntura económica local, regional, global e até da própria expectativa sobre a realidade sectorial.
Os preços das acções podem variar positiva e negativamente, sendo que, corre por conta do próprio cliente todo e qualquer risco de perdas financeiras decorrentes das transacções e/ou de flutuações nos preços de mercado.

Atendendo ao nível de volatilidade que caracteriza o investimento em acções, torna-se igualmente importante conhecer os eventos societários que ocorrem de forma periódica ou irregular, como por exemplo eventuais operações de aumento/redução de capital, datas de anúncio de resultados, Assembleias Gerais e de distribuição de dividendos, bem como de eventuais Oferta(s) Pública(s) de aquisição relacionadas que naturalmente influenciam a evolução do preço das acções.

Ainda que as acções representem um instrumento financeiro mais líquido (fácil de alienar) quando comparadas com outras classes de activos, determinados títulos poderão acarretar níveis de líquidez significativamente inferiores – o que pode dificultar a respectiva venda e/ou conduzir a preços desajustados. Neste sentido, convém o investidor compreender os níveis de liquidez dos títulos a que pode estar exposto, tais como (por exemplo) a análise de indicadores simples como o volume médio de transacções diárias.

Tendo em conta a amplitude/diversidade geográfica inerente ao investimento no mercado accionista, mostra-se particularmente relevante tomar em consideração a perspectiva sobre a natural variação cambial - favorável ou desfavorável - incorrida pelo investidor que está associada ao investimento em acçoes não denominadas em Euros.

O investidor deve informar-se antes de iniciar a negociação sobre o montante de comissões envolvido, bem como o nível de fiscalidade e outros eventuais encargos que deverá suportar. O total de encargos assumidos pode acarretar um impacto negativo na rendibilidade do investimento em acções.

Pesquisa de títulos