Este website utiliza cookies (identificadores de sessão) para ter uma melhor experiência de navegação, utilização e para personalizar o conteúdo e anúncios disponibilizados. Clique aqui para obter mais informação sobre a utilização dos cookies e alterar os parâmetros de gestão de cookies.

Cookies Essenciais

  • Essenciais

  • Analíticos

  • Funcionalidade

  • Remarketing

Cookies Essenciais

São necessárias para otimizar a navegação e aceder a certas áreas e funcionalidades do website (acesso a áreas seguras do website através de um início de sessão). Estes Cookies estão sempre ativados.

Estes Cookies estão sempre Activos

ÚLTIMAS NO NEGÓCIOS.PT

Mayday, um desastre na governação
01/07/2022 07:01

Bom dia,

O país despertou ontem em modo "Mayday" com a ameaça de uma crise política desencadeada pela solução aeroportuária para Lisboa anunciada  pelo ministro das Infraestruturas através de um despacho que foi revogado pelo primeiro-ministro, Por isso, esta quinta-feira teve uma intensidade política como há muito não se vía.

 

No rescaldo da mesma, o Presidente da República colou António Costa a Pedro Nuno Santos que se mantém no Governo apesar das "falhas" por causa da solução para o novo aeroporto de Lisboa.

Marcelo pede uma solução "rápida, consensual e consistente".

Mas será que isso vai acontecer?

"Acima de tudo, o mais grave em toda esta situação é a forma como decisões fundamentais ao crescimento económico do país são buriladas pela teia da política comprometendo uma verdadeira e cuidada discussão sobre uma infraestrutura tão relevante como o novo aeroporto de Lisboa. Há 50 anos que o dossiê se arrasta mediante interesses e lóbis que, na maioria dos casos, pouco interessam ao país. O episódio político matou o fundamental: o futuro do aeroporto", avisa Diana Ramos no Editorial.

A história justifica este receio. Considerado desde 1969 um "importante problema nacional", o aumento da capacidade aeroportuária da região de Lisboa só conhece há mais de meio século avanços e recuos. Decisões há muitas. Concretizações são zero. Viaje ao passado transportado pelo texto da jornalista Maria João Babo.

 

Saiba ainda que o consórcio da portuguesa Coba e da empresa espanhola com capitais públicos Ineco, que venceu o concurso para a realização da avaliação ambiental estratégica da futura solução aeroportuária da região de Lisboa - anulado por um despacho do Ministério das Infraestruturas  publicado na quarta-feira, que António Costa mandou revogar esta quinta-feira - considera que "o concurso está na praça". "Recebemos a adjudicação, apresentámos a documentação e as garantias bancárias e estamos à espera de ser chamados para assinar o contrato", afirmou ao Negócios Fernando Prioste, CEO  da Coba, que não compreende a polémica com a escolha do agrupamento liderado pela Ineco, que não foi ainda notificado de qualquer decisão. 

 

A guerra atacou os mercados mundiais. As bolsas europeias perderam quase 17% desde o início do ano, o maior tombo em 14 anos e em Wall Street os três índices de referência protagonizaram o pior semestre dos últimos 50 anos.

 

A Profit Energy empresa que em 2021 vendeu 70% à Greenvolt vai agora internacionalizar-se. O país escolhido foi a Polónia, onde chegam com um mandado para construir mais de 70MW. Do país, virão nos próximos anos milhões de euros, garantem os fundadores

 

No ano passado a Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) efetuou 287 ações de combate ao planeamento fiscal, no âmbito das quais por 38 vezes foi autorizada a aplicação da cláusula geral antiabuso. O número consta do Relatório Anual de Combate à Fraude e Evasão, entregue pelo Governo no Parlamento e é o maior dos últimos anos, consubstanciando um aumento de mais de 30% face aos 29 casos contabilizados em 2021.

 

No Weekend, o seu suplemento de fim de semana, recomenda-se a leitura da entrevista a João David Nunes, considerado um dos mestres da rádio em Portugal e que se estreou- profissionalmente aos 16 anos no programa "Ritmo 64" no Rádio Clube Português. Seguiram-se outros programas quase subversivos num tempo em que se podia experimentar quase tudo.  Encaixam neste epíteto títulos como "Em Órbita", da autoria de Jorge Gil, "O Homem no Tempo", com reflexões do psicanalista João Sousa Monteiro, "Trópico de Dança" e "W", com textos de Miguel Esteves Cardoso. Além de locutor, João David Nunes assumiu funções de direção e esteve na fundação da Rádio Comercial. Integra a direção da Sociedade Portuguesa de Autores e é presidente da Associação para a Gestão da Cópia Privada, entre outras funções. É um homem múltiplo.  "Nunca achei que era o diretor ou o presidente ou o chefe e, no entanto, fui sempre chefe ou diretor ou presidente" afirma em entrevista a Lúcia Crespo. Para reter e meditar fica ainda a interrogação:  "Se dizemos mal da comida instantânea, porque haveremos de aturar a comunicação instantânea? O "feedback" tornou-se o líder disto tudo".

 

Brincar faz bem à gestão. Um líder que sabe utilizar o humor de forma positiva e natural tem um efeito agregador numa empresa e estimula a produtividade, a criatividade e a busca de soluções nas equipas. A literatura científica aponta vários benefícios da boa disposição nos locais de trabalho. Mesmo em tempos de crise, o humor pode ser uma boa ferramenta para passar mensagens sérias e para alterar comportamentos. Em muitas situações, rir é mesmo o melhor remédio. Este é o tema de um trabalho que também pode ler neste Weekend, feito a partir do estudo "Humor na liderança", de Pedro Neves, professor na Nova SBE.



Boas leituras e um ótimo fim de semana

Infinita Energia prevê investir cerca de 33 milhões em parque eólico no concelho de Pombal
10/08/2022 15:39

Espanha dá início a projeto-piloto para transporte de milho ucraniano via comboio
10/08/2022 15:27

SPAC acusa gestão da TAP de "milhões de erros" que "desperdiçam" receitas do verão
10/08/2022 15:09

Oleoduto ucraniano volta a funcionar, após Hungria pagar tarifa pela Rússia
10/08/2022 14:31

Confederação do Turismo com "algumas reservas" sobre nova lei de entrada e permanência de estrangeir
10/08/2022 13:35

Estado aumenta capital da empresa que gere o Alqueva em mais 4 milhões de euros
10/08/2022 13:32

Portway em greve no último fim de semana de agosto
10/08/2022 13:16

Preços e prazos levam DST a introduzir construção modular na Smart Studios Asprela
10/08/2022 12:42

Inflação homóloga em Itália abranda para 7,8% em julho
10/08/2022 12:32

Volume de negócios nos serviços de junho desacelera para 19,6%
10/08/2022 11:54

INE confirma inflação de 9,1% em julho, a mais alta desde o final de 1992
10/08/2022 11:12

Taxa de desemprego recua para 5,7%, um novo mínimo em mais de uma década
10/08/2022 11:11

Fundação José Berardo pede mais tempo para entregar contas e bens. Prazo termina em setembro
10/08/2022 10:51

Musk arrecada 6,9 mil milhões com venda de ações da Tesla
10/08/2022 10:30

China termina exercícios militares em Taiwan
10/08/2022 10:26

60% dos membros do Governo falham prazo da entrega do registo de interesses
10/08/2022 09:43

Bolsa de Lisboa com ténue subida. PSI avança 0,07%
10/08/2022 08:19

A saída da Orey da bolsa, a margem na economia e a venda de vinho à Rússia
10/08/2022 07:01

Tecnológicas pressionam Wall Street. Nasdaq caiu mais de 1%
09/08/2022 21:33

Milho ucraniano encalhado à procura de novo comprador
09/08/2022 21:14

login

Pesquisa de títulos

Fale Connosco