Este website utiliza cookies para ter uma melhor experiência de navegação e utilização.
Ao navegar está a consentir a utilização dos cookies associados ao site.

ÚLTIMAS NO NEGÓCIOS.PT

Portugal coloca 1.500 milhões de euros a 6 e 12 meses com juros mais altos
18/05/2022 11:28

Portugal colocou esta quarta-feira 1.500 milhões de euros em emissões de Bilhetes do Tesouro (BT) a seis e 12 meses pagando juros mais elevados do que na anterior operação comparável.

O IGCP - Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública emitiu 625 milhões de euros em BT a seis meses, que vencem em novembro deste ano, com uma yield de -0,179%. Já na emissão a 12 meses foram colocados 875 milhões de euros, com uma yield de 0,236%.

A procura para a emissão de prazo mais curto foi de 2,32 vezes a oferta, enquanto na de 12 meses a procura superou a oferta em 1,65 vezes.

"Face ao último leilão comparável assistimos a uma subida nas taxas. Em março Portugal tinha emitido dívida para o prazo de 6 meses com uma taxa de -0,58% e agora obteve uma taxa de -0,179%% e para os 12 meses tinha obtido uma taxa de -0,49% que comparam com os atuais 0,236%", assinala Filipe Silva, do Banco Carregosa.

"As subidas dos prémios de risco que temos assistido nas últimas semanas tanto na dívida soberana como na dívida das empresas, são fruto das condicionantes atuais e que muita pressão têm colocado sobre os Bancos Centrais. O conflito na Ucrânia veio prolongar e até agravar o tema da inflação, que continua sem dar grandes tréguas. A China impôs novos confinamentos, o que não permite a normalização das cadeias de abastecimento e os Bancos Centrais depois de anunciarem a retirada de estímulos, iniciaram um ciclo de subida de taxas", refere o responsável.

"Com uma presença menos ativa do Banco Central Europeu do lado comprador, era expetável que as taxas subissem, o ritmo a que tudo está a acontecer é que está a ser mais rápido do que se esperava, e quando tal acontece, o mercado ajusta fortemente até atingir novo ponto de equilíbrio. A era das taxas negativas parece estar a chegar ao fim, o que não é necessariamente negativo. Portugal precisa de gerir de uma forma mais cautelosa, o novo custo que começa a ter para a sua dívida, para que tal não se torne outra vez num problema a prazo", conclui.


Governo deve fazer revisão urgente do Plano Nacional da Água
01/07/2022 14:16

Táxis e autocarros vão ter novo apoio aos combustíveis de 17,4 milhões até 30 de setembro
01/07/2022 12:54

Despesas com saúde registam aumento recorde de 12,2% em 2021
01/07/2022 12:37

Água da torneira não custa o mesmo para todos. Diferenças podem superar 600 euros/ano
01/07/2022 12:09

Produção industrial aumentou 4,7% em maio face a 2021, excluindo a energia
01/07/2022 12:03

Associações criticam taxa de take-away em vigor a partir desta sexta-feira
01/07/2022 11:47

Família de Eduardo dos Santos pede privacidade
01/07/2022 11:34

Dívida pública volta a atingir novo recorde. Chegou aos 280,4 mil milhões em maio
01/07/2022 11:16

Presidente da FLAD vê mais investimento dos EUA a vir para Portugal
01/07/2022 11:07

Operação Marquês: Sócrates sujeito a apresentações quinzenais na esquadra
01/07/2022 10:25

Inflação na Zona Euro bate os 8,6% em junho, mais meio ponto percentual que em maio
01/07/2022 10:08

Segurança Social recebe 3.300 queixas por ano desde 2019
01/07/2022 10:01

Fisco realizou 22.098 ações de verificação e 23% visaram particulares
01/07/2022 09:23

União Europeia avança com regulamentação sobre transações de moedas digitais
01/07/2022 09:21

Governo retira 28,2 cêntimos ao gasóleo e 32,1 cêntimos à gasolina até agosto
01/07/2022 09:05

Lisboa com terceira perda diária consecutiva. REN lidera as quedas
01/07/2022 08:24

5 coisas que precisa de saber para começar o dia
01/07/2022 07:30

Mayday, um desastre na governação
01/07/2022 07:01

Regulador financeiro dos EUA reclama 1,7 mil milhões de dólares a fundo de moedas digitais
01/07/2022 01:39

Paulo Fernandes investe 1,18 milhões em direitos de subscrição para aumento de capital da Greenvolt
01/07/2022 01:22

login

Pesquisa de títulos

Fale Connosco