Este website utiliza cookies para ter uma melhor experiência de navegação e utilização.
Ao navegar está a consentir a utilização dos cookies associados ao site.

ÚLTIMAS NO NEGÓCIOS.PT

Crescimento de assinantes da Netflix desilude. Cotada afunda mais de 19%
20/01/2022 21:54

A Netflix, que fornece um serviço de streaming de filmes e séries de televisão, e que chegou a Portugal em outubro de 2015, reportou os números do seu quarto trimestre fiscal e do conjunto do ano de 2021, tendo desiludido em matéria de novos clientes. E o "guidance" para o trimestre em curso também desapontou.

 

A empresa teve um lucro por ação de 1,33 dólares entre outubro e dezembro, quando os analistas inquiridos pela Bloomberg apontavam para menos: 80 cêntimos por ação.

  

Já as receitas ficaram em linha com o projetado, ao atingirem os 7,71 mil milhões de dólares.

 

Em contrapartida, o número de novos assinantes desiludiu no ano. No quarto trimestre, a empresa captou mais 8,28 milhões de subscritores dos seus serviços contra uma estimativa de 8,13 milhões dos analistas auscultados pela Bloomberg. Ficou, pois, acima das expectativas,

 

Estes números colocam a Netflix com um total de 221,8 milhões de clientes no total do ano, o que correspondeu a um crescimento de 8,9% face a 2020 – e ficando também acima dos 221,6 milhões esperados pelo consenso do mercado. Acontece que se tratou do mais lento crescimento de clientes desde 2015, o que desiludiu os investidores.

 

Relativamente às estimativas para o trimestre em curso, a Netflix aponta para 2,5 milhões de novos assinantes, o que também dececionou o mercado – já que os analistas ouvidos pela Bloomberg apontavam para 6,26 milhões.

 

A empresa está assim a prever que a conquista de novos clientes abrandará, pelo menos durante mais um trimestre.

 

A Netflix sofreu alguma pressão devido às comparações homólogas, uma vez que em 2020, em plena pandemia, os consumidores passaram muito mais tempo online e com necessidade de entretenimento. No entanto, ao tratar-se do pior crescimento de assinantes desde 2015, já não é só a covid que entra na equação.

 

A empresa sediada em Los Gatos (Califórnia) segue a mergulhar 19,33% para 410 dólares no "after-hours" de Wall Street, depois de ter encerrado a sessão do horário regular desta quinta-feira a recuar 1,48% para 508,25 dólares.

A domótica veio para ficar
18/05/2022 14:59

Metaverso chegou ao imobiliário
18/05/2022 14:58

Bruxelas já apresentou plano de 210 mil milhões para ser independente do gás russo
18/05/2022 14:51

Bruxelas anuncia ajuda de 9 mil milhões para a Ucrânia a curto prazo
18/05/2022 14:25

Apesar da proibição de Pequim, China volta a ser um hub mundial de mineração de bitcoin
18/05/2022 14:10

Bruxelas admite preço máximo do gás ao nível da UE em caso de rutura total
18/05/2022 13:53

Twitter quer forçar Musk a assinar acordo de aquisição da rede social
18/05/2022 13:48

Pestana passa de prejuízos a lucros de 23 milhões em 2021
18/05/2022 13:32

App Too Good To Go salvou 52 milhões de refeições. Um milhão eram portuguesas
18/05/2022 13:20

Concorrência dá luz verde à compra da Efacec pela DST
18/05/2022 13:13

BCE avisa bancos para reavaliarem as projeções
18/05/2022 13:07

Rússia paga dívida externa em rublos e recusa declarar incumprimento
18/05/2022 13:02

Défice da balança de bens regista nível mais alto desde 2008
18/05/2022 12:46

Glovo planeia "entregar" 40 milhões de euros em investimento em Portugal este ano
18/05/2022 12:34

Metal português bate recorde de exportações com EUA a dobrar para 208 milhões
18/05/2022 12:17

Preços na produção industrial disparam, mas são mais baixos do que em março
18/05/2022 11:55

25% dos desempregados no final de 2021 encontraram trabalho
18/05/2022 11:36

Portugal coloca 1.500 milhões de euros a 6 e 12 meses com juros mais altos
18/05/2022 11:28

Inflação na zona euro estabiliza nos 7,4% em abril
18/05/2022 10:06

Conselho Económico e Social avança com estudo sobre o vício da raspadinha
18/05/2022 09:54

login

Pesquisa de títulos

Fale Connosco