Este website utiliza cookies para ter uma melhor experiência de navegação e utilização.
Ao navegar está a consentir a utilização dos cookies associados ao site.

ÚLTIMAS NO NEGÓCIOS.PT

Fórum para a Competitividade vê PIB a crescer "entre 2,5% e 4,5%" este ano
20/01/2022 17:33

O Fórum para a Competitividade prevê que a economia portuguesa cresça "entre 2,5% e 4,5%" este ano, "em linha com 2021". A estimativa é "mais prudente" do que a avançada pelo Governo e outras instituições financeiras, como o Banco de Portugal, e é justificada pelos obstáculos "mais persistentes do que o esperado" à retoma económica.

"Várias fontes disponíveis, consideram que a economia deve acelerar em 2022, podendo crescer acima de 5%, mas esta previsão deve ser lida com cautela", alerta o Fórum para a Competitividade, no boletim mensal com as perspetivas empresariais relativas ao quarto trimestre de 2021, que foi esta quinta-feira divulgado.

A entidade liderada por Pedro Ferraz da Costa considera que a aceleração da economia nacional em 2022 é, sobretudo, "um sinal do atraso na retoma", tendo em conta que Portugal registou a segunda recuperação mais atrasada" da União Europeia, no terceiro trimestre do ano passado, e as restrições do quarto e último trimestre conduziram a um novo abrandamento da atividade, que não permitiu "recuperar aquele atraso".

Com "um hiato maior para preencher", o Fórum para a Competitividade considera que a aceleração da economia "não deve ser confundida com qualquer tipo de dinamismo intrínseco à atividade nacional". "As economias que vão desacelerar no próximo são aquelas que, ou já completaram a recuperação, ou estão mais adiantadas neste processo", indica.

Outra das razões para o Fórum para a Competitividade prever um crescimento mais tímido do que o Governo e as instituições financeiras prende-se com os "obstáculos internacionais", como a escalada dos preços da energia e a falta de componentes industriais, "com um forte impacto sobre a inflação". 

"Por isso, o Forum para a Competitividade adopta uma perspectiva mais prudente, estimando que o PIB de 2022 possa crescer entre 2,5% e 4,5%, em linha com 2021 ou, se os cenários menos favoráveis se concretizarem, abaixo do registado no ano transacto", sinaliza a entidade liderada por Pedro Ferraz da Costa.

Apesar da proibição de Pequim, China volta a ser um hub mundial de mineração de bitcoin
18/05/2022 14:10

Bruxelas admite preço máximo do gás ao nível da UE em caso de rutura total
18/05/2022 13:53

Twitter quer forçar Musk a assinar acordo de aquisição da rede social
18/05/2022 13:48

Pestana passa de prejuízos a lucros de 23 milhões em 2021
18/05/2022 13:32

App Too Good To Go salvou 52 milhões de refeições. Um milhão eram portuguesas
18/05/2022 13:20

Concorrência dá luz verde à compra da Efacec pela DST
18/05/2022 13:13

BCE avisa bancos para reavaliarem as projeções
18/05/2022 13:07

Rússia paga dívida externa em rublos e recusa declarar incumprimento
18/05/2022 13:02

Défice da balança de bens regista nível mais alto desde 2008
18/05/2022 12:46

Glovo planeia "entregar" 40 milhões de euros em investimento em Portugal este ano
18/05/2022 12:34

Metal português bate recorde de exportações com EUA a dobrar para 208 milhões
18/05/2022 12:17

Preços na produção industrial disparam, mas são mais baixos do que em março
18/05/2022 11:55

25% dos desempregados no final de 2021 encontraram trabalho
18/05/2022 11:36

Portugal coloca 1.500 milhões de euros a 6 e 12 meses com juros mais altos
18/05/2022 11:28

Inflação na zona euro estabiliza nos 7,4% em abril
18/05/2022 10:06

Conselho Económico e Social avança com estudo sobre o vício da raspadinha
18/05/2022 09:54

Siemens Energy admite comprar 33% da Gamesa e retirá-la de bolsa
18/05/2022 08:52

Lisboa abre em alta com Greenvolt a liderar ganhos após compra na Roménia
18/05/2022 08:21

Tarifas dos táxis vão subir em média mais de 8% a partir de junho
18/05/2022 08:05

Greenvolt compra parque solar fotovoltaico na Roménia por 83 milhões
18/05/2022 07:32

login

Pesquisa de títulos

Fale Connosco