Este website utiliza cookies para ter uma melhor experiência de navegação e utilização.
Ao navegar está a consentir a utilização dos cookies associados ao site.

ÚLTIMAS NO NEGÓCIOS.PT

Greenvolt compromete-se com gestão empresarial "sustentável e responsável"
03/12/2021 15:07

A Greenvolt assinou a carta de princípios do BCSD Portugal, que estabelece os princípios para uma gestão empresarial sustentável e responsável. A energética liderada por João Manso Neto compromete-se a delinear uma estratégia em linha com as metas do Acordo de Paris e com o Pacto Ecológico Europeu.

Reforçando o seu "compromisso com um modelo de negócio mais competitivo, inovador e sustentável", a Greenvolt aderiu à rede do Business Council for Sustainable Development (BCSD) Portugal e, simultaneamente, assinou a carta de princípios do BCSD Portugal, reforçando assim a aposta "num futuro mais sustentável para todos".

A carta assinada pela Greenvolt determina que a empresa deve incluir nas linhas de ação orientadoras seis princípios-chave: legal e conduta ética; direitos humanos; direitos laborais; prevenção, saúde e segurança; ambiente; e gestão.

"Como subscritora da Carta, a Greenvolt compromete-se a implementar uma estratégia que contribua para o desenvolvimento de um modelo de negócio cada vez mais sustentável e demonstrar de forma sistemática a sua contribuição para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas, em linha com a estratégia da União Europeia e de Portugal, com o Pacto Ecológico Europeu e o Acordo de Paris", explica a empresa, em comunicado.

Para João Manso Neto, "a adesão ao BCSD Portugal, e à carta de princípios, é um passo natural para a Greenvolt, que se se revê inteiramente nos valores defendidos e objetivos definidos", tendo em conta que "faz uso de processos inovadores para a produção de energia a partir de fontes renováveis na prossecução" de um futuro mais sustentável.

Atividades de tecnológica chinesa suscitam preocupações sobre segurança nacional na UE
21/01/2022 00:29

Costa acusa PSD de querer rutura no Estado social e de colocar em risco as pensões
20/01/2022 23:57

Quase metade da população de África vive sem acesso a eletricidade
20/01/2022 23:38

Chega diz que foi alvo de ataque informático no 'site' e portal
20/01/2022 23:21

Crescimento de assinantes da Netflix desilude. Cotada afunda mais de 19%
20/01/2022 21:54

Wall Street dá nova queda na montanha-russa da volatilidade. Mas "ano Biden" ainda tem saldo positiv
20/01/2022 21:13

Cerca de 285 mil inscritos até às 19:00 para voto antecipado em mobilidade
20/01/2022 20:23

Comunista João Oliveira sem dúvidas de que há "acordo tácito" entre PS e PSD
20/01/2022 19:57

Peloton derrapa em bolsa com notícias de suspensão temporária da produção
20/01/2022 19:22

Catarina Martins diz que PS "faz mal em queimar todas as pontes à sua volta"
20/01/2022 19:11

Rio acusa PS de querer continuar a "empobrecer alegremente"
20/01/2022 19:05

CDS quer "influenciar a governação" mas só integra executivo se tiver força
20/01/2022 18:58

Legislativas: Rio ausenta-se de iniciativa de campanha após sangramento do nariz
20/01/2022 18:22

Produção de eletricidade da EDP caiu 5% em 2021
20/01/2022 17:56

Associações do ramo automóvel defendem regulamentação da atividade de revenda
20/01/2022 17:41

Fórum para a Competitividade vê PIB a crescer "entre 2,5% e 4,5%" este ano
20/01/2022 17:33

Grupo EDP segura PSI-20 no verde
20/01/2022 16:42

João Araújo avança com a construção de uma fábrica de 30 milhões na Ucrânia
20/01/2022 16:25

Brexit: Bruxelas conta fechar acordo com Londres sobre protocolo irlandês em fevereiro
20/01/2022 16:04

Euronext pede ao novo Governo que retome dívida de retalho. Quer autarquias e empresas públicas na b
20/01/2022 16:01

login

Pesquisa de títulos

Fale Connosco