Este website utiliza cookies para ter uma melhor experiência de navegação e utilização.
Ao navegar está a consentir a utilização dos cookies associados ao site.

ÚLTIMAS NO NEGÓCIOS.PT

Baixos salários deixam 3 milhões de trabalhadores sem aquecimento na Europa. Portugal é o 4.º pior p
23/09/2021 00:16

De acordo com uma análise feita pela CES, e divulgada pela UGT, os baixos salários na Europa implicam que 2.713.578 trabalhadores não consigam suportar o preço do aquecimento das suas casas, tanto mais que os preços da energia dispararam por toda a Europa.

A CES aproveitou o primeiro dia de outono para salientar que "15% dos trabalhadores pobres da Europa não poderão ligar o aquecimento em suas casas" e que situação é mais grave em 10 Estados-membros da União Europeia que ao longo da última década viram os preços da eletricidade subir.

Segundo o estudo, o Chipre é o país com a maior percentagem de trabalhadores pobres que não podem suportar os custos da energia para aquecimento (45,6%), seguido da Bulgária (42,8%) e da Lituânia (34,5%).

Segue-se Portugal (30,6%), a Grécia (28,7%) e Itália (26,1%).

Para a confederação sindical, "a subida dos preços da energia torna mais urgente a necessidade de uma ação europeia por aumentos salariais".

"Os sindicatos apelam ao Parlamento Europeu para proteger os trabalhadores contra a pobreza energética introduzindo um teto de dignidade no projeto de diretiva sobre o salário mínimo que assegure que o salário mínimo garanta um padrão de vida digna e que nunca possa ser menor do que 50% do salário médio em qualquer Estado-membro", disse a CES.

A confederação salientou que "atualmente 20 Estados membros da UE têm um salário mínimo abaixo deste nível e o projeto de Diretiva sobre o salário mínimo não muda nada".

A analise da CES foi feita com dados do Eurostat microdata referentes apenas ao número de trabalhadores que auferem menos de 60% do rendimento mediano nacional, não incluindo aqueles cujo salário está abaixo de 50% do salário médio nacional, o que significa que é provável que muitos mais trabalhadores e pensionistas se encontrem na situação de pobreza energética.

Pesos pesados em queda atiram PSI-20 para terreno negativo
28/10/2021 08:21

Cloud híbrida: uma opção que ganha força
28/10/2021 08:03

5 coisas que precisa de saber para começar o dia
28/10/2021 07:30

Lucros da Samsung sobem 31,3% no terceiro trimestre e atingem 9.000 ME
28/10/2021 07:19

O poder de Marcelo, o alarme na banca e um "auf wiedersehen"
28/10/2021 07:01

Rangel desdramatiza audiência com Marcelo, recusa bloco central e prefere PSD sozinho a eleições
28/10/2021 01:07

Regulador aprova quatro listas candidatas à Associação Mutualista Montepio
27/10/2021 23:26

Wall Street faz pausa nos recordes em vésperas de contas da Apple e Amazon
27/10/2021 21:59

5G: Governo recorda que licitantes ficam sujeitos a obrigações de cobertura
27/10/2021 21:46

EDP termina parceria com a petrolífera argelina Sonatrach
27/10/2021 19:10

Marcelo recebe hoje Ferro e Costa. Partidos políticos serão ouvidos no sábado
27/10/2021 19:06

Costa garante estar "de consciência tranquila e cabeça erguida" com chumbo do OE 2022
27/10/2021 18:57

NOS vence leilão 5G com investimento de 165 milhões e mais espectro adquirido
27/10/2021 18:43

Leilão 5G chega ao fim após 200 dias
27/10/2021 17:55

Lucros da Jerónimo Martins crescem 48% para 324 milhões até setembro
27/10/2021 17:29

Lucros do BCP caem para 59,5 milhões de euros até setembro
27/10/2021 17:01

Quedas da Galp e do BCP arrastam PSI-20
27/10/2021 16:45

Pedro Reis: "As pessoas já não vão lá com sebastianismos"
27/10/2021 15:36

Tribunal recusa providência cautelar para travar despedimentos no Santander
27/10/2021 15:19

Gastos globais com e-commerce sobem à boleia do crescimento dos preços dos produtos
27/10/2021 14:55

login

Pesquisa de títulos

Fale Connosco