Este website utiliza cookies para ter uma melhor experiência de navegação e utilização.
Ao navegar está a consentir a utilização dos cookies associados ao site.

ÚLTIMAS NO NEGÓCIOS.PT

Guimarães com mais de 250 novos casos por dia. Veja no mapa a situação no seu concelho
23/11/2020 18:27

Entre 6 e 19 de novembro, Guimarães registou 3.569 novos casos de infeção pelo coronavírus, o que traduz uma média de mais de 254 infeções diárias, segundo cálculos do Negócios com base nos dados de casos por 100 mil habitantes divulgados esta segunda-feira pela Direção-Geral de Saúde (DGS) e as estimativas de população do INE.

Segundo a DGS, o concelho da cidade-berço somou 2.343 casos por 100 mil habitantes naqueles 14 dias, o que, tendo em conta a população do município, corresponde a 3.569 novos infetados.

Além do concelho vimarenense, superam os três mil casos em 14 dias os concelhos de Vila Nova de Gaia e Lisboa, com 3.251 e 3.184, respetivamente.

É de notar que com base nos dados anteriores revelados pela DGS - referentes ao período de 28 de outubro a 10 de novembro - nenhum concelho registava mais de três mil casos, sendo Lisboa o município que mais se aproximava, com 2.935 novos contágios. Existiam, então, seis concelhos com mais de dois milhares de infeções naqueles 14 dias.

Agora, superam a fasquia dos dois mil contágios entre 6 e 19 de novembro os municípios de Vila Nova de Famalicão (2.445), Porto (2.372), Braga (2.231) e Santa Maria da Feira (2.048).

E são 24 os concelhos a somarem mais de um milhar de novos infetados nestas duas semanas. Um número superior aos 18 nessa situação entre 28 de outubro e 10 de novembro.

Ainda assim, alguns dos concelhos que registavam piores números apresentam uma evolução positiva, destacando-se Paços de Ferreira, com uma redução de 661 casos.

Também com descidas significativas contam-se os municípios de Paredes (-366), Lousada (-267), Matosinhos (-186), Porto (-117) e Guarda (-111).

Em sentido contrário, Santa Maria da Feira regista um aumento de 775 casos, Braga apresenta uma subida de 725, Guimarães de 696, Vila Nova de Famalicão de 669, Barcelos de 620 e Vila Nova de Gaia de 613.

Galamba confiante que Sines e Pego serão ?destinos importantes de investimento?
27/01/2021 20:02

Rio não vai mudar estratégia nem fazer "discurso violento à direita" para ganhar votos
27/01/2021 19:58

Propostas ascendem a 208 milhões no décimo dia de licitação do leilão do 5G
27/01/2021 19:43

PSD e CDS vão assinar acordo-quadro que exclui Chega de coligações para autárquicas
27/01/2021 19:36

As vacinas e o papel da política
27/01/2021 19:25

Powell mantém ritmo de compra de ativos com crescimento económico a abrandar
27/01/2021 19:07

Sete dias com mais mortes de sempre em Portugal foram na última semana. Um terço dos óbitos foi por
27/01/2021 19:00

Madeira disponível para receber doentes com covid-19 do continente
27/01/2021 18:35

Noruega fecha fronteiras a partir das 00:00 desta sexta-feira
27/01/2021 18:22

Sindicatos e Ordem exigem vacinação de todos os médicos
27/01/2021 18:06

BE quer mais apoios sociais e reforço do SNS, antecipando que situação se prolongue
27/01/2021 17:54

Governo nega proibição do direito à greve dos trabalhadores da TAP
27/01/2021 17:51

Fundo Ambiental com receitas de 570 milhões em 2020
27/01/2021 17:16

?O Governo cumpre e cumprirá a lei? na venda das barragens da EDP à Engie
27/01/2021 17:15

PCP quer acelerar a vacinação em Portugal
27/01/2021 17:07

Rio antecipa que novo estado de emergência contempla "e bem ensino virtual"
27/01/2021 16:56

PSI-20 cai mais de 2% para mínimos de dezembro. EDPR afunda e BCP no maior ciclo de quedas em ano e
27/01/2021 16:43

Governo suspende ligações aéreas com o Brasil a partir de sexta-feira
27/01/2021 16:31

Défice de 2020 vai ficar abaixo do previsto: ronda os 6,3% do PIB
27/01/2021 16:26

"É um pouco triste termos de pedir auxílio estrangeiro", diz o presidente da Associação Portuguesa d
27/01/2021 16:16

login

Pesquisa de títulos

Fale Connosco