Este website utiliza cookies para ter uma melhor experiência de navegação e utilização.
Ao navegar está a consentir a utilização dos cookies associados ao site.

ÚLTIMAS NO NEGÓCIOS.PT

Governo diz que coligações negativas aprovadas sexta-feira com apoio do PSD custam mais de 20 milhõe
22-11-2020 15:02

De entre as 21 propostas de alteração ao Orçamento do Estado para 2021 que o PSD ajudou a aprovar na sexta-feira, através de coligações negativas, as medidas que têm impacto orçamental pesam mais de 20 milhões de euros no défice do próximo ano, garantiu fonte do Ministério das Finanças ao Negócios. As votações de especialidade continuam ao longo desta semana e a votação final global está agendada para quinta-feira.

O Governo já tinha assumido que temia que o PSD se entendesse com o resto da oposição para fazer aprovar alterações ao OE 2021, nas chamadas coligações negativas. Agora, de costas voltadas com o Bloco de Esquerda e ainda sem certezas de conseguir aprovar os seus planos orçamentais para o próximo ano, continua com as baterias apontadas aos sociais-democratas.

No primeiro dia de votações, o Ministério das Finanças contou 21 propostas da oposição, aprovadas com nos votos contra do PS e os votos favoráveis do PSD. Destas, fonte das Finanças diz que "14 agravam as contas públicas", estimando um "impacto preliminar negativo superior a 20 milhões de euros".

Apesar de também o PCP, o PAN e o CDS terem tido propostas suas aprovadas através de coligações negativas, o Governo responsabiliza apenas os sociais-democratas, lembrando que quando anunciaram o voto contra o OE 2021 acusaram o Executivo de "dar o que tem e o que não tem".

O receio das Finanças prende-se com a semana que agora começa. Serão votadas propostas cujo impacto o Governo avalia como sendo superior. Em causa estão, por exemplo, as reduções nas portagens das ex-SCUT – propostas apresentadas tanto pelo PSD, como pelo PCP. A ser aprovada, esta redução "obrigará o Estado a compensar as concessionárias pela perda anual de até 100 milhões de euros, num valor superior a mil milhões de euros do período de vida de concessão", assegura fonte das Finanças.

O Governo argumenta ainda que "o aumento de tráfego nestas auto-estradas, e outros impactos laterais, teria efeitos residuais para compensar a perda de receita" e que "a única alternativa seria renegociar os prazos de concessão, o que se afigura extremamente difícil, com o Estado a partir para a negociação numa situação de grande fragilidade negocial na eventualidade de aprovação desta norma, sem qualquer enquadramento negocial prévio."

 

Na semana passada, fonte das Finanças avaliou todas as propostas do PSD como tendo um impacto orçamental superior a 700 milhões de euros por ano. Soma-se um efeito entre 1.500 e três mil milhões de euros da suspensão do pagamento por conta. 

Na sexta-feira, os sociais-democratas recusaram estes números, mas confrontados pelo secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares para apresentarem contas alternativas não avançaram ainda nenhum valor.

O PS já pediu à Unidade Técnica de Apoio Orçamental para avaliar também o impacto da redução das portagens e da suspensão do pagamento por conta, mas os cálculos dos peritos do Parlamento ainda não chegaram.

5G: Altice Portugal avança com processos judiciais contra Anacom e duas queixas em Bruxelas
23-11-2020 18:50

Governo vai ter de divulgar anualmente apoios ao hidrogénio
23-11-2020 18:36

Guimarães com mais de 250 novos casos por dia. Veja no mapa a situação no seu concelho
23-11-2020 18:27

Quantos casos de covid se registaram no seu concelho de 6 a 19 de novembro?
23-11-2020 18:23

Oposição aprova cinco milhões para o Pinhal de Leiria
23-11-2020 18:18

Parlamento chumba aumento para o dobro de multas por falta de limpeza das matas
23-11-2020 17:50

Empresários e académicos dizem que política para a bitola ferroviária europeia é "ilegal"
23-11-2020 17:33

Governo baixa valores que operadores pagam pelo especto
23-11-2020 17:22

Covid-19: Público vai regressar aos estádios ingleses a partir de 2 dezembro
23-11-2020 17:15

Covid-19: Impacto em Portugal da reestruturação na Danone não está definido
23-11-2020 16:55

PSI-20 acelerou para máximo de três meses com Galp a dar energia
23-11-2020 16:42

Parlamento aprova criação de linha de apoio à tesouraria para micro e pequenas empresas
23-11-2020 16:22

Proibidas linhas de valor acrescentado como única forma de contacto dos clientes
23-11-2020 16:20

Em Portugal os mais velhos e os casados têm mais poder de compra do que os jovens e os solteiros
23-11-2020 16:03

Há mais de seis milhões de contratos de seguros a beneficiar de medidas de apoio
23-11-2020 15:50

Há nove concelhos com mais de 2 mil casos por 100 mil habitantes. Paços de Ferreira já não é o pior
23-11-2020 15:37

Portugal com mais 4.044 casos e 74 mortes devido à covid-19
23-11-2020 15:04

Mais de 160 mil casas vendidas em Portugal em 2020
23-11-2020 14:29

Brexit: Sessão extraordinária no Parlamento Europeu a 28 de dezembro para aprovar eventual acordo
23-11-2020 13:56

Costa admite solução de "geometrias variáveis" para o futuro da União Europeia
23-11-2020 13:28

login

Pesquisa de títulos

Fale Connosco