Este website utiliza cookies para ter uma melhor experiência de navegação e utilização.
Ao navegar está a consentir a utilização dos cookies associados ao site.

ÚLTIMAS NO NEGÓCIOS.PT

Governo francês quer aumentar interesse por smartphones usados
18/10/2020 16:00

O governo disse que vai implementar um sistema de pontuação na reutilização de dispositivos a partir de janeiro, e reservará 21 milhões de euros do seu plano de estímulos para financiar start-ups e projetos de reutilização.

A ministra do Ambiente, Barbara Pompili, e o seu colega dos Assuntos Digitais, Cedric O, disseram à Bloomberg que o governo está em negociações para aumentar as compras de produtos em segunda mão, mas não detalhou os planos que ainda estão a ser finalizados.

"Queremos incentivar as pessoas que desejam comprar um aparelho a pensar primeiro nos reformados", disse Pompili.

A venda de aparelhos recondicionados é um negócio antigo. Tanto a Apple como a Samsung oferecem telemóveis em segunda mão nos seus sites, e o mercado global de smartphones usados deve atingir 332,9 milhões de unidades com um valor total de 67 mil milhões de dólares, o que compara com os 175,8 milhões de unidades vendidas em 2018, de acordo com o IDC.

Mas em França, várias start-ups têm feito lóbi para que o governo comece a introduzir uma legislação que incentive os consumidores a abandonarem os telemóveis novos.

"Estamos a pressionar o governo para reduzir o IVA sobre produtos com bom impacto ambiental, incluindo smartphones recondicionados", disse o co-fundador da Recommerce, Benoit Varin, à Bloomberg.

Recommerce, fundada em 2009, recondiciona telemóveis e vende-os diretamente aos consumidores ou através de operadoras de telecomunicações, e tem o suporte da família Mulliez, gigante do retalho.

 

A start-up rival Back Market arrecadou 120 milhões de euros em maio com investidores como Goldman Sachs e o bilionário do luxo Bernard Arnault para o seu mercado que vende aparelhos e bens de consumo da Sony, Apple, Samsung e Microsoft.

A Back Market, que foi criada há seis anos e pretende expandir-se para os Estados Unidos, tem feito lóbi junto do governo para criar incentivos ao consumidor para produtos eletrónicos em segunda mão. Ministros franceses visitaram recentemente os seus escritórios para reforçar o seu apoio à start-up e ao setor, onde Pompili e O criticaram as gigantes americanas por "procurarem manter um circuito fechado" com peças de reposição e sistemas de reparação exclusivos.

O desemprego registado em setembro de 2020 em todos os concelhos de Portugal Continental
24/10/2020 15:00

3.669 novos casos de Covid e 21 mortos. Costa não exclui mais medidas
24/10/2020 14:31

Solar e eólica já são fontes de energia mais baratas na maioria dos países
24/10/2020 14:00

Cinco sugestões imperdíveis para ?cultivar? neste fim de semana
24/10/2020 12:00

Relógios atrasam uma hora na próxima madrugada
24/10/2020 11:37

Jerónimo deverá continuar na liderança do PCP
24/10/2020 11:23

Banco Mundial admite que preço do petróleo mantém-se baixo para além de 2021
24/10/2020 10:50

Português responsável por limpeza de hospitais condecorado pela Rainha Isabel II
24/10/2020 10:28

Portugal a "meio da tabela" em contágios na segunda vaga da pandemia na Europa
24/10/2020 10:00

Portugueses defendem regresso do público aos estádios de futebol
24/10/2020 09:00

Incerteza sobre estímulos leva Wall Street a fecho sem rumo. Semana com saldo negativo
23/10/2020 21:31

Governo estuda estender 'voucher' do IVA à comunicação social
23/10/2020 20:58

Ferrovia: Portugal quer alta velocidade atlântica e recusa "solução imposta" por Espanha
23/10/2020 20:41

Vinhos do Douro e do Porto investem 300 mil euros em inteligência artificial
23/10/2020 20:31

Covid-19: França ultrapassa o milhão de casos confirmados
23/10/2020 20:28

Temido antecipa "dias complicados" no SNS. Aceites os testes da Cruz Vermelha
23/10/2020 20:13

Espanhóis da Gondán ganham concurso de 10 navios elétricos para a Transtejo por 52,4 milhões
23/10/2020 19:47

Covid-19: Mutualidades disponíveis para ajudar a salvar SNS do colapso
23/10/2020 19:20

Theresa May encaixa mais de um milhão e meio de euros em palestras pelo mundo
23/10/2020 19:13

Ex-ministra da Saúde reconhece erros na gestão da pandemia mas apela a união
23/10/2020 18:49

login

Pesquisa de títulos

Fale Connosco