Este website utiliza cookies para ter uma melhor experiência de navegação e utilização.
Ao navegar está a consentir a utilização dos cookies associados ao site.

ÚLTIMAS NO NEGÓCIOS.PT

Rui Rio: "Falta saber quem é o último beneficiário" da venda da antiga GNB Vida
11-08-2020 20:16

"Em 2016, no balanço do Banco Bom, a GNB Vida valia 620 MEuro. Em Junho de 2019 tinha capitais próprios de 391 MEuro. Três meses depois é vendida por 123 MEuro. As perdas, que dizem ser de 268 MEuro, pagaram os contribuintes. E ainda falta saber quem é o último beneficiário desta coisa", considerou hoje Rui Rio, numa publicação na rede social Twitter.


Na segunda-feira o jornal Público avançou que a seguradora GNB Vida (agora designada Gama Life), "foi vendida em outubro de 2019, a fundos geridos pela Apax Partners, com um desconto de 68,5% face ao valor contabilístico inscrito no balanço de 30 de junho daquele ano".

A operação "gerou uma perda para a instituição financeira de 268,2 milhões de euros" e serviu para o presidente do Novo Banco, António Ramalho, "justificar novo pedido de injeção de dinheiros públicos", explicou o Público.

No entanto, aditou o jornal, "não é apenas a variação acentuada de valores a suscitar controvérsia, são os sinais de que as autoridades nacionais e europeias desvalorizaram os indícios de ligação do comprador da Gama Life ao magnata do setor segurador Greg Lindberg, condenado já este ano pela Justiça norte-americana por corrupção e fraude fiscal".

Em setembro de 2018, o banco de António Ramalho tinha comunicado ao mercado que a GNB Vida tinha sido vendida por 190 milhões de euros à Bankers Insurance Holdings, pertencente ao Global Bankers Insurance Group, detido por Greg Lindberg.

Contudo, o negócio entrou em compasso de espera depois de se ter tornado público que Lindberg estava a ser investigado por fraude fiscal, corrupção e pagamentos indevidos ao Partido Republicano a troco de benefícios regulatórios para o Global Bankers, escreve ainda o jornal.

O Público associa os currículos dos gestores da GamaLife (nova designação da GNB Vida) a Greg Lindberg, apelidando o "principal executivo" Matteo Castelvetri de "braço direito" de Lindberg na Europa, mencionando ainda que o número dois, Alistair Wallace Bell, foi diretor de estratégia e de operações do GBIG para a Europa, sendo agora ambos parceiros na antiga GNB Vida.

A seguradora GamaLife, anteriormente designada por GNB Vida e pertencente ao Novo Banco, já rejeitou ter "qualquer relação" com o gestor acusado de corrupção Greg Lindberg, segundo um comunicado ao mercado.

A Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões (ASF) afirmou também na segunda-feira que não observou nenhuma ligação entre os compradores da GNB Vida, seguradora do Novo Banco, e Greg Lindberg, gestor acusado de corrupção nos Estados Unidos.

O Fundo de Resolução, entidade na esfera do Banco de Portugal (BdP) que detém 25% do Novo Banco, afirmou que o montante da venda da seguradora GNB Vida refletiu "o valor de mercado" da empresa, à data.

Liga Europa: Benfica e Sporting de Braga cabeças de série no sorteio da fase de grupos
01-10-2020 23:16

Marcelo acredita que "bom senso vai prevalecer" na votação do OE 2021
01-10-2020 22:35

Circulação na linha azul do Metro de Lisboa restabelecida às 23:00
01-10-2020 22:34

Tecnológicas dão gás a Wall Street
01-10-2020 21:22

Covid-19: Plano de saúde Outono-Inverno "fica aquém das necessidades", diz CNS
01-10-2020 20:41

Presidente da Altice diz que vai avaliar concurso para instalação de cabos submarinos
01-10-2020 20:35

Marcelo pede convergência e o diálogo para superar crise económica
01-10-2020 20:13

Governo aceita proibir provisoriamente fim dos contratos coletivos
01-10-2020 20:01

Obrigatório
01-10-2020 19:25

REN: Consumo de eletricidade com queda acumulada de 3,5% desde o início do ano
01-10-2020 19:21

CP denunciou contrato com Servirail para comboios internacionais
01-10-2020 18:56

5G: "Respeitamos o direito de Portugal tomar as suas próprias decisões", diz subsecretário dos EUA
01-10-2020 18:51

Bolsa de Tóquio não negociou hoje devido a falha no hardware. Nunca tinha acontecido
01-10-2020 18:42

Marcelo defende que Europa deve ser uma potência política para garantir equilíbrio
01-10-2020 18:06

Comércio propõe redução de IRC para empresas que não despeçam
01-10-2020 18:00

Rita Marques: Norte merecia "há muito tempo uma só voz" para o turismo
01-10-2020 17:55

TAP: Prioridade continua a ser recuperar empresa após saída de administradores
01-10-2020 17:42

FC Porto defronta Manchester City, Olympiacos e Marselha na Liga dos Campeões
01-10-2020 17:22

Covid-19: Reino Unido registou 6.914 novas infeções e 59 mortes e impõe mais restrições
01-10-2020 17:15

Vendas de automóveis caem menos de 10% pelo segundo mês seguido
01-10-2020 17:07

login

Pesquisa de títulos

Fale Connosco