Este website utiliza cookies para ter uma melhor experiência de navegação e utilização.
Ao navegar está a consentir a utilização dos cookies associados ao site.

ÚLTIMAS NO NEGÓCIOS.PT

Media Capital passa de lucros a prejuízos de 14,4 milhões
09-08-2020 20:35

A Media Capital fechou o primeiro semestre deste ano com prejuízos de 14,4 milhões de euros, o que compara com os lucros de 5,9 milhões de euros obtidos em igual período do ano passado.

Em comunicado, o grupo de media justifica a deterioração dos resultados com a pandemia da covid-19, que impactou negativamente os rendimentos operacionais, e com a redução de quota de audiência da TVI face aos primeiros seis meses de 2019.

Os rendimentos operacionais da Media Capital recuaram 36% entre janeiro e junho, sendo que as quebras mais acentuadas verificaram-se a partir de março, tiveram o seu pico em abril, e continuaram a desacelerar nos meses seguintes, segundo a empresa.

"Para além do efeito adverso da pandemia, é de relembrar que em 2019 a TVI era líder de audiências em all day até fevereiro e tendo mantido a liderança em prime time até junho desse ano, ou seja todo o 1º semestre do ano anterior, e que em 2020, se comparam dados com um contexto no qual a TVI não liderou em qualquer desses slots horários", esclarece a Media Capital, em comunicado enviado à CMVM.

Neste contexto, acrescenta a empresa, foram tomadas medidas como "a paragem profilática e temporária de algumas atividades (caso da produção de conteúdos), a promoção do trabalho remoto, a rotação de equipas e medidas extra de higienização e controlo", que levaram a um agravamento dos gastos, obrigando a dona da TVI a, paralelamente, pôr no terreno "medidas de eficiência operacional" que "englobaram a redução de gastos de outras naturezas e de despesas de capital, bem como uma gestão especialmente atenta do fundo de maneio".

Assim, os gastos operacionais, antes de depreciações e amortizações, recuaram 8% alcançando 66,6 milhões até junho.

"Em resultado do conjunto de impactos a nível de rendimentos e gastos, o EBITDA recuou de 14,2 milhões de euros no primeiro semestre de 2019 para € -11,2 milhões no período semelhante de 2020", sintetiza a Media Capital em comunicado.

O endividamento cresceu 5 milhões de euros desde o final de 2019 para um total de 93,5 milhões.

Conhecimento através de uma plataforma de WhatsApp
30-09-2020 17:49

Pedro Nuno Santos: A "TAP é do povo português para o bem e para o mal"
30-09-2020 17:40

Nos já recebeu 375 milhões pela venda de torres à Cellnex
30-09-2020 17:34

EUA avisam Itália que a China quer ter presença estratégica na Europa
30-09-2020 16:56

IVA gasto em alguns setores vai poder ser recuperado nas compras seguintes
30-09-2020 16:54

Energia dá brilho ao PSI-20 no mês mais negro desde março
30-09-2020 16:43

Portugal Digital Awards é o principal prémio de transformação digital
30-09-2020 16:30

Morreu Quino, o criador de Mafalda
30-09-2020 16:20

Metade dos portugueses só quer ir ao escritório dois ou três dias por semana
30-09-2020 16:15

Os heróis anónimos dos sistemas de informação
30-09-2020 16:00

Continental põe 30 mil empregos em risco com Portugal de fora
30-09-2020 15:59

Tribunal da Concorrência confirma condenação da EDP e Sonae por pacto de não concorrência
30-09-2020 15:39

Pedro Faustino: ?O palco por excelência da economia digital em Portugal?
30-09-2020 15:30

Rio acusa Governo de passividade na resposta aos doentes não covid
30-09-2020 15:09

Finerge compra seis parques solares em Portugal
30-09-2020 14:55

O júri e o Comité Especial de Júri
30-09-2020 14:30

Novo lay-off vai apoiar empresas com quebras de faturação a partir de 25%. Apoios podem chegar a 100
30-09-2020 14:22

Casos de covid-19 em Portugal aumentam 825 e morreram mais oito pessoas
30-09-2020 14:03

Os testemunhos de quem ganhou o Portugal Digital Awards
30-09-2020 14:00

Governo lança nova linha de crédito de 400 milhões para médias empresas
30-09-2020 13:46

login

Pesquisa de títulos

Fale Connosco