Este website utiliza cookies para ter uma melhor experiência de navegação e utilização.
Ao navegar está a consentir a utilização dos cookies associados ao site.

ÚLTIMAS NO NEGÓCIOS.PT

Gigante chinesa quer entrar também na bolsa de Hong Kong, após restrições de Wall Street
29/05/2020 13:56

A gigante chinesa NetEase, dedicada ao "gaming" online, confirmou nesta sexta-feira, dia 29 de maio, que ambiciona concretizar uma segunda listagem na bolsa de Hong Kong, mesmo estando já cotada em Wall Street, uma semana após os Estados Unidos terem apertado o cerco às empresas de Pequim listadas no seu país. Numa carta enviada aos acionistas, o CEO da empresa, William Ding, disse estar a "preparar uma dupla listagem na bolsa de Hong Kong, trazendo a nossa marca já estabelecida de volta para a China", acrescentando que "o regresso a um mercado mais próximo das nossas raízes aumentará ainda mais a paixão das pessoas pelos nossos negócios". Os valores que estarão envolvidos neste segundo IPO (oferta pública incial) não foram para já divulgados, mas sabe-se que os os bancos CCIC, Credit Suisse e JP Morgan vão mediar esta entrada na bolsa de Hong Kong.  Na semana passada, o Senado dos EUA aprovou um projeto de lei que obriga todas as empresas chinesas cotadas em ambos os índices a regerem-se pelas mesmas regras de transparência contabilística do que as congéneres norte-americanas durante, pelo menos, três anos consecutivos. Caso este projeto de lei, chamado "Holding Foreign Companies Accountable Act", seja aprovado pela Câmara dos Representantes, e depois pelo Presidente Donald Trump, todas as empresas oriundas da China têm de cumprir a chamada lei Sarbanes-Oxley. Criada em 2002, após os escândalos financeiros protagonizados pela Enron e pela WorldCom, entre outras, esta legislação obriga as empresas a seguirem um mecanismo de auditoria para evitar novas fraudes. A lei é destinada não apenas às empresas americanas, mas também a empresas e subsidiárias estrangeiras listadas no país.
Além deste novo projeto de lei, que ainda requer a aprovação de outras entidades governamentais, houve outra alteração nos índices bolsistas dos EUA, com a Nasdaq, que gere o Nasdaq Composite, a apertar o cerco a novos IPO. A maior restrição que será implementada a qualquer empresa, chinesa ou não, será um limite mínimo de 25 milhões de dólares levantados no IPO ou, como alternativa, um quarto da sua capitalização de mercado. É a primeira vez que é imposto um limite mínimo.Uma eventual saída das empresas chinesas de Wall Street significaria uma perda de 1,8 biliões de dólares de capitalização bolsista nos EUA, o que representa 5% dos 36,4 biliões de dólares do valor agregado do Nasdaq Composite e do New York Stock Exchange (NYSE). E na lista estão gigantes como a Alibaba, Tencent e China Unicom.Esta decisão da NetEase foi influenciada pela bem-sucedida decisão da gigante chinesa de comércio eletrónico Alibaba, que no ano passado optou por fazer uma dupla listagem também em Hong Kong. No país, as ações da empresa subiram cerca de 10%, desde novembro.

Crédito ao consumo afundou 56% em maio mas recuperou de mínimo histórico
15/07/2020 11:20

Atividade turística em Portugal esteve "praticamente parada" em maio
15/07/2020 11:11

Goldman Sachs antecipa quebra de 26,4% nos lucros da EDP
15/07/2020 10:46

IGCP emite 1.750 milhões de euros com taxa mais negativas
15/07/2020 10:37

Desigualdade para todos: o regresso ao velho normal, será?
15/07/2020 10:30

Apple ganha "batalha legal" com UE em processo de 13 mil milhões
15/07/2020 10:18

Interessa ter grandes cidades?
15/07/2020 09:50

Movimento nos portos diminui 9,3% em cinco meses
15/07/2020 09:30

Saco Azul do GES financiou campanha de Cavaco e pagou a Frasquilho
15/07/2020 08:57

BCP e EDP deixam PSI-20 alinhado com os ganhos da Europa
15/07/2020 08:14

Novo Simplex simplifica declarações da Segurança Social e entrega de impostos
15/07/2020 07:44

5 coisas que precisa de saber para começar o dia
15/07/2020 07:30

TAP recebe primeiros milhões, EDP apaga a luz em Sines e banca aperta o crédito
15/07/2020 07:00

Cirque du Soleil em vias de aceitar oferta dos credores para uma recapitalização
15/07/2020 01:51

EUA saudam "consenso internacional" contra a Huawei
15/07/2020 01:07

Covid-19: Fase final dos ensaios clínicos de vacina nos EUA começa a 27 de julho
15/07/2020 00:41

Portugal poderá chegar a 2100 com cinco milhões de habitantes
15/07/2020 00:32

Governo aprova 'final a oito' da 'Champions' e final da Taça sem público
15/07/2020 00:29

Ricardo Salgado acusado de 65 crimes incluindo associação criminosa. Saiba quem são todos os arguido
15/07/2020 00:16

Benfica SAD, Vieira e Soares de Oliveira arguidos por fraude fiscal: os valores e anos em causa
15/07/2020 00:09

login

Pesquisa de títulos

Fale Connosco