Este website utiliza cookies para ter uma melhor experiência de navegação e utilização.
Ao navegar está a consentir a utilização dos cookies associados ao site.

ÚLTIMAS NO NEGÓCIOS.PT

Ana Mendes Godinho: medida "pós lay-off" não deve apoiar suspensão de contratos
22/05/2020 17:40

Estamos num "momento de transição", em que a atividade retoma mas a procura está interrompida. Nesse sentido, é necessário "adaptarmos a medida do lay-off a uma medida pós lay-off simplificado", disse esta sexta-feira a ministra do Trabalho, Ana Mendes Godinho.
Assim, não fará tanto sentido estar a apoiar a suspensão total dos contratos, disse a ministra numa conferência organizada pela Ordem dos Contabilistas Certificados.
"Neste momento já não temos as empresas completamente paradas, em que tivemos um mecanismo para pagar a suspensão do trabalho e dos trabalhadores porque não havia atividade. A medida era no sentido de apoiar 100% uma situação de suspensão e agora pensamos como passamos para esta lógica de uma reabertura reconhecendo que a atividade não está normalizada".
O lay-off simplificado, que facilita cortes salariais com o apoio da Segurança Social, tem duas modalidades: suspensão de contrato, que é a que tem sido mais utilizada (86%), sendo também a que mais maximiza os apoios públicos (assegurando 70% da compensação) e redução de contrato, que é menos utilizada.
"Não vou avançar já a forma como o instrumento está a ser desenhado, estamos neste momento a desenhar este instrumento, mas também, mais uma vez, com este amplo diálogo e participação", mas "a lógica é termos uma medida que se adapte a uma diferente realidade que estamos a viver".
O chamado programa de estabilização económico e social, que será discutido com os parceiros sociais e com os partidos na próxima semana, procurará "acelerar alguns processos", construir medidas desenhadas para as empresas e para o emprego. Há "um grande foco na manutenção do emprego e acho que este tem de ser manter postos de trabalho".
Estas declarações foram prestadas depois de Ana Mendes Godinho ter considerado que é "consensual" que o lay-off foi importante para travar despedimentos.
Ao longo da sua intervenção Ana Mendes Godinho explicou que os valores relativos às medidas extraordinárias serão financiados pelo orçamento do Estado e pelo programa SURE, aprovado pela Comissão Europeia.
Na mesma conferência o secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, António Mendonça Mendes, reiterou que "despesa de hoje são impostos de amanhã".
"Devemos ser muito criteriosos na forma como fazemos esta despesa sendo certo que tem de ser o mais eficaz possível", disse.O diploma do lay-off simplificado está em vigor até dia 30 e as associações patronais pedem o alargamento por pelo menos mais três meses. Na segunda-feira, já a ministra da Presidência tinha afirmado que não faz sentido apoiar, numa fase posterior, a suspensão de contratos. Mas a questão tem dividido o Governo.(Notícia em atualização)
 
 
 
 

Ginásios e piscinas voltam a funcionar. Saiba quais as regras que terá de seguir
30/05/2020 16:47

Trump promete medidas robustas contra a China
29/05/2020 20:05

App anti-covid: "Eu vou instalar", diz António Costa
29/05/2020 19:46

Desconfinamento adiado em Lisboa. Grandes lojas e centros comerciais ficam fechados
29/05/2020 19:10

Leilões solares podem "antecipar" metas do PNEC
29/05/2020 19:04

O que abre e o que muda. Conheça as medidas da 3.ª fase de desconfinamento.
29/05/2020 18:34

Semapa paga dividendo de 12,5 cêntimos a partir de 15 de junho
29/05/2020 18:06

Glintt sobe lucro trimestral em 7,6% apesar da pandemia
29/05/2020 17:31

BCP e Galp interrompem série vitoriosa do PSI-20
29/05/2020 16:47

Centeno: É mais fácil fazer progressos na UE agora do que quando o "o sol está a brilhar"
29/05/2020 15:37

Economia sueca "não confinada" cresce no primeiro trimestre
29/05/2020 15:15

Alemanha lança mote para presidência da UE: "Juntos pela recuperação da Europa"
29/05/2020 14:49

Dow e S&P 500 em baixa à espera de resposta dos EUA à China
29/05/2020 14:49

Gigante chinesa quer entrar também na bolsa de Hong Kong, após restrições de Wall Street
29/05/2020 13:56

Casos de covid-19 aumentam em 350 e morreram mais 14 pessoas
29/05/2020 13:08

Casais com madeiras híbridas
29/05/2020 12:32

Cortes de telecomunicações, água e luz continuam proibidos até fim de setembro
29/05/2020 11:08

INE: Pandemia fez PIB cair 2,3% no primeiro trimestre, abaixo do esperado
29/05/2020 11:08

Inflação na Zona Euro ainda mais contida em maio
29/05/2020 10:59

Caso EDP: Mexia e Manso Neto pedem afastamento do juiz Carlos Alexandre
29/05/2020 10:24

login

Pesquisa de títulos

Fale Connosco