Este website utiliza cookies para ter uma melhor experiência de navegação e utilização.
Ao navegar está a consentir a utilização dos cookies associados ao site.

ÚLTIMAS NO NEGÓCIOS.PT

Três casas de investimento ditam "sobe-e-desce" nas recomendações e 'target' da Galp
24/01/2020 11:06

Kepler Cheuvreux, AlphaValue e Caixa Banco de Investimento emitiram notas de research sobre a Galp, que vão em sentidos opostos. As duas primeiras estão mais pessimistas enquanto a terceira reforça a perspetiva positiva para a evolução da cotada.
A Kepler Cheuvreux foi a última a emitir uma nota sobre a Galp, esta sexta-feira, 24 de janeiro. Esta casa de investimento cortou a recomendação de "comprar" para "manter", tendo deixado o preço-alvo inalterado nos 15,50 euros.
De momento, a média do target avançado pelos analistas, de acordo com os dados da Bloomberg, situa-se nos 16,70 euros. A petrolífera conta agora com nove recomendações de comprar, 10 de manter e 5 de vender.
A contribuir para estes números estão também outras duas recomendações recentes, emitidas no dia 23 de janeiro. A AlphaValue decidiu manter a recomendação de venda e baixar o preço-alvo, de 14,40 euros para 14,30 euros.
Já a Caixa BI subiu em ambos os pólos: reviu a recomendação em alta de "neutral" para "acumular" e o preço alvo de 15,10 euros para 16,20 euros.
A cotada segue a somar em bolsa, com um ganho de 0,64% para os 14,19 euros, recuperando de três sessões no vermelho que conduziram as cotações para um mínimo de outubro de 2019. Desde o início de 2020, a Galp desvalorizou 4,77%.
Estas alterações acontecem depois de, no dia 22 de janeiro, a Galp ter revelado um investimento de 450 milhões de euros em produção solar em Espanha e os planos de iniciar a perfuração de um bloco em São Tomé e Príncipe ainda este ano ou no início de 2021.
Já no dia 23, as notícias foram menos animadoras. A Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM ) revelou que já iniciou várias ações de supervisão junto das auditoras das entidades envolvidas no caso "Luanda Leaks", mas também dos emitentes sob a sua supervisão, como é o caso da Nos e da Galp Energia. De todos os negócios conhecidos de Isabel dos Santos em Portugal, a protagonista do Luanda Leaks, a participação indireta que detém na Galp é a mais valiosa, bem como a mais antiga.
No caso da Nos, Isabel dos Santos é acionista através da Zopt, veículo que detém em partes iguais com a Sonae. A operadora de telecomunicações está a deslizar em bolsa, tendo já desvalorizado cerca de 5,5%. A quebra surge na primeira sessão após a demissão de três administradores ligados ao caso Luanda Leaks e no mesmo dia em que o Barclays reviu em baixa o preço-alvo.

Lucros da Merlin Properties sobem 9% em 2019
28/02/2020 00:23

Há mais um cidadão português infetado por coronavírus no estrangeiro
27/02/2020 21:39

Wall Street em mínimos de quatro meses. Dow e S&P 500 já estão em território de correção
27/02/2020 21:06

Apritel contesta conclusões da Anacom sobre preço das telecomunicações
27/02/2020 20:58

DGS sem registos positivos de coronavírus mas ainda aguarda resultados de um hospital
27/02/2020 20:18

Capital Group reduz posição na REN para 1,92%
27/02/2020 19:52

Conferência de programadores do Facebook é só em Maio. Mas será por videoconferência devido ao vírus
27/02/2020 18:54

Parlamento aprova na generalidade limites às comissões no MBWay
27/02/2020 17:48

Excedente orçamental encolhe em 238,5 milhões em janeiro
27/02/2020 17:41

Lisboa em mínimos. Galp tem a maior queda intradiária desde 2017
27/02/2020 16:42

Huawei vai investir 200 milhões numa fábrica em França para desenvolver 5G
27/02/2020 15:59

Europa tem nova recaída e afunda 4%. Petróleo segue em queda livre
27/02/2020 15:04

Um caminho sem retorno
27/02/2020 14:56

O importante papel do Estado
27/02/2020 14:51

Power Dot instala de forma gratuita carregadores para veículos elétricos
27/02/2020 14:45

Wall Street volta a tremer com o coronavírus. Bolsas descem quase 2%
27/02/2020 14:45

Rede de postos de carregamento a crescer
27/02/2020 14:26

Quatro anos repletos de atividades
27/02/2020 14:19

Porto: uma cidade verde
27/02/2020 14:07

OE 2020: A tributação das viaturas elétricas e híbridas plug-in
27/02/2020 13:44

login

Pesquisa de títulos

Fale Connosco