Este website utiliza cookies para ter uma melhor experiência de navegação e utilização.
Ao navegar está a consentir a utilização dos cookies associados ao site.

ÚLTIMAS NO NEGÓCIOS.PT

EDP compra 680 milhões em dívida com maturidade em 2075
21-01-2020 10:30

A EDP já definiu os termos finais da oferta de compra de obrigações que tinha pré-anunciado na semana passada. A elétrica aceitou comprar 680,2 milhões de euros de dívida híbrida subordinada que chega à maturidade em 2075, o que representa a quase totalidade dos títulos emitidos em 2015.
 
Estes resultados mostram que a oferta colocada ao mercado registou uma boa adesão, já que apenas os detentores de 69,2 milhões de euros em títulos (menos de 10% do total) não aceitaram a proposta.
 
A EDP, segundo um comunicado à CMVM, vai pagar um preço de 106,53% por cada obrigação, bem como os "juros corridos a respeito dos valores mobiliários aceites para compra no âmbito da oferta".
 
Estes títulos de dívida híbrida subordina que a EDP está agora a recomprar foram emitidos em setembro de 2015. A elétrica pagou na altura uma taxa de juro de 5,5% para colocar estes títulos a 60 anos, o que se situa bem acima do atual custo de financiamento da empresa liderada por António Mexia. 
Na semana passada a EDP emitiu 750 milhões de euros em obrigações híbridas verdes com maturidade em 2080 e possibilidade de reembolso ao fim de 5 anos e meio. Os títulos foram emitidos com uma taxa de 1,75%.
 
Este encaixe, que a EDP terá que alocar a projetos de energia renovável, mais do que compensa o dinheiro que a elétrica vai gastar agora na recompra das obrigações com maturidade em 2075.  
 
No comunicado emitido esta terça-feira, a EDP salienta que o propósito da oferta de compra, "lançada em conjunto com uma nova emissão de instrumentos representativos de dívida green subordinada, é gerir proativamente os instrumentos híbridos da EDP".

Lucros da Merlin Properties sobem 9% em 2019
28-02-2020 00:23

Há mais um cidadão português infetado por coronavírus no estrangeiro
27-02-2020 21:39

Wall Street em mínimos de quatro meses. Dow e S&P 500 já estão em território de correção
27-02-2020 21:06

Apritel contesta conclusões da Anacom sobre preço das telecomunicações
27-02-2020 20:58

DGS sem registos positivos de coronavírus mas ainda aguarda resultados de um hospital
27-02-2020 20:18

Capital Group reduz posição na REN para 1,92%
27-02-2020 19:52

Conferência de programadores do Facebook é só em Maio. Mas será por videoconferência devido ao vírus
27-02-2020 18:54

Parlamento aprova na generalidade limites às comissões no MBWay
27-02-2020 17:48

Excedente orçamental encolhe em 238,5 milhões em janeiro
27-02-2020 17:41

Lisboa em mínimos. Galp tem a maior queda intradiária desde 2017
27-02-2020 16:42

Huawei vai investir 200 milhões numa fábrica em França para desenvolver 5G
27-02-2020 15:59

Europa tem nova recaída e afunda 4%. Petróleo segue em queda livre
27-02-2020 15:04

Um caminho sem retorno
27-02-2020 14:56

O importante papel do Estado
27-02-2020 14:51

Power Dot instala de forma gratuita carregadores para veículos elétricos
27-02-2020 14:45

Wall Street volta a tremer com o coronavírus. Bolsas descem quase 2%
27-02-2020 14:45

Rede de postos de carregamento a crescer
27-02-2020 14:26

Quatro anos repletos de atividades
27-02-2020 14:19

Porto: uma cidade verde
27-02-2020 14:07

OE 2020: A tributação das viaturas elétricas e híbridas plug-in
27-02-2020 13:44

login

Pesquisa de títulos

Fale Connosco