Este website utiliza cookies para ter uma melhor experiência de navegação e utilização.
Ao navegar está a consentir a utilização dos cookies associados ao site.

ÚLTIMAS NO NEGÓCIOS.PT

Quer viver na Arábia Saudita? Príncipe Salman vende vistos por 193 mil euros
11-11-2019 15:34

Depois de receber milhares de pedidos, a Arábia Saudita já concedeu os primeiros vistos de residência permanente a estrangeiros. São, essencialmente, médicos, engenheiros e financeiros a pagar 800 mil riyals (193,2 mil euros). Embora não diga quantos novos residentes permanentes vai receber, o governo saudita avança, também, que abriu portas a 73 estrangeiros com vistos "premium".
 
O programa, aprovado em maio, pretende "atrair investimentos estrangeiros, permitindo que pessoas selecionadas comprem propriedades e negoceiem sem um patrocinador saudita", segundo um comunicado do Centro de Residências Premium do governo, citado pela Bloomberg.
 
De acordo com a mesma agência de informação, este "é o mais recente sinal de como o reino saudita está a repensar o papel dos estrangeiros, enquanto trabalha para reduzir a dependência da economia do petróleo".
 
Este ano, o país já tinha informado que ia abrir as portas a turistas internacionais pela primeira vez, comprometendo-se a fornecer vistos a 49 países, Portugal incluído.
 
A Arábia Saudita é tida como um dos países onde os trabalhadores estrangeiros estão sujeitos a algumas das regras de residência mais restritivas do mundo. Quem detém o visto "premium" de residência terá mais facilidade em trocar de emprego, sair do reino, assim como patrocinar vistos para familiares.
 
Em 2016, quando divulgava, pela primeira vez, a ideia de uma residência de longo prazo, o príncipe herdeiro, Mohammed bin Salman estimava que o programa geraria 10 mil milhões de dólares (cerca de nove mil milhões de euros) de receitas anuais. É que além do custo do visto, a renovação anual custará 100 mil riyals (mais de 24 mil euros).

Perspetiva de queda dos lucros das cotadas abala Wall Street
13-07-2020 21:11

Costa tentou acordo com Rutte mas intransigência dos Países Baixos mantém-se
13-07-2020 20:03

Após sair da TAP Neeleman já prepara nova companhia aérea
13-07-2020 19:55

Proteção Civil Municipal: Jovens não respeitam regras e estão a propagar covid-19 em Setúbal
13-07-2020 19:42

Há mar e mar, há ir e voltar
13-07-2020 19:25

As vacas que voam e outras vacas
13-07-2020 19:03

BFA vai esclarecer demissão de António Domingues e acusações de crimes de branqueamento de capitais
13-07-2020 18:49

Covid-19: Governo decide manter restrições na Área Metropolitana de Lisboa
13-07-2020 18:12

Governo exige que Bélgica retire Alentejo e Algarve de zonas arriscadas
13-07-2020 17:32

EDP constituída arguida no processo das rendas excessivas
13-07-2020 17:24

Próxima paragem: ensino superior
13-07-2020 13:05

Portugal soma mais 306 casos de covid-19. Há mais duas mortes
13-07-2020 12:55

Nas TI há mais ofertas do que candidatos
13-07-2020 12:23

Buffett compra ativos do gás da Dominion Energy
05-07-2020 20:59

Mais 328 infetados e 9 óbitos. Região de Lisboa com 77% dos novos infetados
05-07-2020 15:01

Trump diz que 99% dos casos de covid nos EUA são "totalmente inofensivos"
05-07-2020 12:02

Ministério da Saúde paga seguro privado a trabalhadores
05-07-2020 11:10

Estado espanhol pode injetar dinheiro na Iberia através de fundo estratégico
04-07-2020 20:32

Mais 413 infetados e 7 mortes com covid-19
04-07-2020 14:36

Aluguer de veículos na região de Lisboa podem fechar à uma da manhã
04-07-2020 12:58

login

Pesquisa de títulos

Fale Connosco