Este website utiliza cookies para ter uma melhor experiência de navegação e utilização.
Ao navegar está a consentir a utilização dos cookies associados ao site.

ÚLTIMAS NO NEGÓCIOS.PT

Ministra de May demite-se por não acreditar no novo texto do acordo de saída
23/05/2019 00:52

Andrea Leadsom (na foto), ministra britânica dos Assuntos Parlamentares, apresentou a sua demissão esta quarta-feira, 22 de maio. A justificar está o facto de não acreditar no novo texto do acordo de saída do Reino Unido do bloco europeu.
 
A decisão da líder da Câmara dos Comuns, acérrima defensora do Brexit, vem assim colocar uma pressão acrescida sobre a primeira-ministra britânica.
Theresa May, recorde-se, vai levar novamente a votação o acordo de saída da União Europeia negociado com Bruxelas.
Depois de já ter sido chumbado em três votações, o acordo que estabelece os termos jurídicos do divórcio da UE volta à Câmara dos Comuns na semana com início a 3 de junho de forma a permitir que, perante um cenário de aprovação, o Reino Unido possa abandonar o bloco europeu antes de os trabalhos parlamentares serem suspensos para a pausa de verão.
Na terça-feira, 21 de maio, May anunciou um conjunto de 10 alterações ao acordo de saída para tentar recolher o apoio parlamentar necessário à sua aprovação, sendo a principal a possibilidade de o parlamento votar a realização de um referendo à nova proposta da primeira-ministra para o Brexit.
Andrea Leadsom não acredita neste novo texto da proposta para o acordo de saída, tendo dito que, por isso mesmo, não o poderia anunciar no parlamento – e preferiu demitir-se.
 
"Já não acredito que a nossa abordagem vá ao encontro do resultado do referendo", escreveu Leadsom na sua carta de demissão, citada pela Reuters. "É por isso com grande desgosto e coração pesado que me demito do governo", acrescentou.
 
Um porta-voz de Downing Street elogiou Leadsom e manifestou deceção perante a sua decisão, mas sublinhou que "a primeira-ministra continua focada em conseguir o Brexit no qual as pessoas votaram".

Desentendimento entre acionistas deixa Unitel sem presidente
19/06/2019 21:02

Gestores da Caixa receberam prémios porque objetivos "foram cumpridos e ultrapassados"
19/06/2019 19:12

TAP descarta nova emissão de obrigações. Entrada em bolsa ainda não tem data
19/06/2019 18:37

Teixeira Duarte desliza para mínimos históricos
19/06/2019 18:08

Carlos Costa insinua que Trump não entende metas e independência do BCE
19/06/2019 17:56

PSI-20 no vermelho com Jerónimo Martins a perder mais de 2%
19/06/2019 16:49

Lei de bases da habitação: Processos de partilhas vão ser acelerados
19/06/2019 16:30

VIC Properties quer construir mais de 2.000 casas em Marvila
19/06/2019 15:42

Islândia sofre recessão mais profunda com quebra no turismo e na pesca
19/06/2019 15:22

Desemprego registado em mínimos de 1991 e mais próximo de ficar abaixo dos 300 mil
19/06/2019 11:41

Portugal financia-se em 1.250 milhões a juros ainda mais negativos
19/06/2019 10:56

Construção na Zona Euro acentua quebra no arranque do segundo trimestre
19/06/2019 10:47

Antigo Central Shopping vai voltar à vida como Business Plaza
19/06/2019 09:21

Os terrenos que vão ter de pagar a AIMI, a Farfetch envolvida na nova moeda digital e o ocaso da Ode
19/06/2019 07:00

Pessimismo ou pressão dos mercados?
18/06/2019 21:02

Como fugir a festas de casamento
18/06/2019 19:25

Casa Branca avaliou legalidade de despromoção de Powell
18/06/2019 18:42

Fecho dos mercados: BCE, Fed e Trump fazem disparar bolsas e petróleo e afundam juros para mínimos
18/06/2019 17:25

BCP, JM e Galp sobem 2% e dão ganhos de mais de 1% ao PSI-20
18/06/2019 16:52

Chumbo da Lei de Bases da Saúde: a culpa é tua
18/06/2019 16:25

login

Pesquisa de títulos

Fale Connosco