Este website utiliza cookies para ter uma melhor experiência de navegação e utilização.
Ao navegar está a consentir a utilização dos cookies associados ao site.

ÚLTIMAS NO NEGÓCIOS.PT

Investimento em imobiliário comercial em Portugal deverá crescer 27% este ano
22/05/2019 13:20

O investimento em imobiliário comercial em Portugal deverá crescer 27% este ano, depois de já ter alcançado um recorde em 2018. As previsões são da consultora imobiliária Savills, que antecipa mais um ano positivo para o imobiliário na Europa, onde o investimento em projetos comerciais deverá chegar aos 230 mil milhões de euros até ao final do ano.No ano passado, segundo os dados da mesma consultora, o investimento em imobiliário comercial totalizou 3,2 mil milhões em Portugal. A confirmar-se o crescimento antecipado de 27%, o investimento neste segmento deverá ultrapassar os 4 mil milhões de euros.A justificar este aumento estará a procura por novos ativos por parte dos investidores. "O mercado continuará a atrair investidores internacionais, que aposta agora na diversificação da sua carteira de ativos, apontando para mercados mais pequenos, com boas perspetivas de retorno", comenta Alexandra Gomes, analista da Savills, citada em comunicado."A aquisição de terrenos para fins promocionais e o desenvolvimento de projetos dedicados a usos alternativos serão uma das grandes tendências para 2019", acrescenta a mesma responsável, indicando que "já foram registadas algumas transações importantes, em particular no segmento de escritórios", no primeiro trimestre deste ano. "Será mais um ano positivo para o mercado de investimento imobiliário português", acredita.A tendência será semelhante a nível europeu, prevê a Savills. Isto apesar de os dados do primeiro trimestre mostrarem um abrandamento no investimento em imobiliário comercial na Europa, que totalizou 44,5 mil milhões nos primeiros três meses do ano, o que representa uma queda homóloga de 32% e o valor mais baixo desde 2013.Ainda assim, a Savills antecipa que o investimento em imóveis comerciais na Europa deverá chegar aos 230 mil milhões em 2019, o que, a confirmar-se, significaria que o investimento neste segmento ultrapassa os 200 mil milhões pelo sexto ano consecutivo, uma marca histórica.A puxar por estes valores estarão Alemanha, Reino Unido e França, mas em mercados como a Polónia, a Dinamarca, a Finlândia e Portugal, os volumes de investimento comercial deverão "exceder significativamente as suas respetivas médias dos últimos cinco anos em 2019".Os maiores grupos de investidores não europeus concentram-se nos Estados Unidos, em Singapura e na Coreia do Sul, indica ainda a consultora, que detalha que os norte-americanos dão o principal contributo para o mercado imobiliário europeu, respondendo por 48% do volume investido por não europeus.

login

Pesquisa de títulos

Fale Connosco