Este website utiliza cookies para ter uma melhor experiência de navegação e utilização.
Ao navegar está a consentir a utilização dos cookies associados ao site.

ÚLTIMAS NO NEGÓCIOS.PT

Novo regulamento de proteção de dados custa 140 milhões por ano às empresas
22/05/2019 12:08

O impacto da aplicação do novo Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGPD) terá um "impacto elevado" sobre as empresas que deverá ascender a "140 milhões de euros em termos líquidos".
O número foi avançado esta quarta-feira pelo secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros, Tiago Antunes, na conferência "A Lei  Portuguesa de Proteção de Dados, desafios da Implementação", organizada pela Renascença e pela SGS Portugal.
O Governo fez uma "avaliação prévia do impacto legislativo, com uma estimativa de encargos e como as estimativas neste caso nos davam a entender que o regulamento seria gerador de elevados encargos, decidimos também fazer um estudo para avaliar e medir os encargos efectivos", explicou Tiago Antunes.
Assim, ao longo do último ano - desde a entrada em aplicação do RGPD, a 25 de maio de 2018 - o Governo contou com a colaboração das empresas, nomeadamente através do envio de inquéritos. O estudo está ainda a ser concluído, mas o secretário de Estado adiantou já que a previsão é de um custo total para as empresas da ordem dos 170 milhões de euros, por contraponto a benefícios no valor de 30 milhões de euros. Contas feitas, um custo líquido global de 140 milhões de euros.
Além dos custos de implementação, as empresas e demais entidades que não cumpram as novas regras em matéria de proteção de dados arriscam multas elevadas, que no limite podem ir aos 20 milhões de euros ou 4% da faturação mundial. As coimas aplicar-se-ão tanto ao setor privado como ao setor público, sendo que este último poderá solicitar uma moratória de três anos junto da Comissão Nacional de Proteção de Dados (CNPD), com a apresentação de um pedido fundamentado.
"Imagine-se o impacto que sanções deste tipo poderiam ter no nosso tecido empresarial", destacou Tiago Antunes, explicando que a opção do Governo acabou por ser "pela modulação" em matéria de coimas.
"Foi um regulamento feito muito a pensar nas grandes corporações multinacionais da informação, que fazem tratamento de dados em grande escala, o que justifica o tipo de sanções. Mas depois, quando o transferimos para a nossa realidade, muitas das soluções mostram-se desadequadas e desproporcionais", referiu. Por isso, "tentámos moderar alguns dos excessos", porque "tivemos logo a perceção que o regulamento traria grandes encargos para a nossa economia e empresas".
Recorde-se que a nova lei que vai concretizar na realidade jurídica portuguesa o RGPD está em fase final de aprovação no Parlamento, devendo ser aprovada em votação final global no início de junho.

ERSE avisa EDP que instalação de contadores inteligentes "tem de acelerar"
19/09/2019 09:58

Sistema de alerta de incêndio por SMS também está sob suspeita
19/09/2019 08:58

Organizações ambientais dão parecer negativo a aeroporto do Montijo
19/09/2019 07:54

EDP vai recorrer da multa da AdC
19/09/2019 07:50

Nova Expressão desiste de anulação de conversão das acções preferenciais da Inapa
18/09/2019 22:31

Pistas de Powell sobre novos cortes de juros devolvem gás a Wall Street
18/09/2019 21:09

Quem torna públicas as listas de candidatos às legislativas? Até agora, ninguém
18/09/2019 21:09

Grupo inglês confirma investimento em Estarreja para produzir 4x4
18/09/2019 19:41

A Madeira e um professor
18/09/2019 19:41

Bestinver reduz posição na Semapa de 7,13% para 4,9%
18/09/2019 19:14

Fed corta juros em 25 pontos
18/09/2019 19:01

Trump ordena aumentar sanções ao Irão
18/09/2019 19:01

António Costa agradece a Artur Neves e não o substitui. Eduardo Cabrita fica com a pasta
18/09/2019 18:11

Société Générale aumenta preço-alvo da Galp para 15,75 euros
18/09/2019 18:02

Xplor, lider em soluções Sage
18/09/2019 17:26

Finerge compra empresa portuguesa de eólicas
18/09/2019 16:25

Ryanair chega a acordo com ANA e já não fecha base de Faro
18/09/2019 15:34

Secretário de Estado da Proteção Civil demite-se
18/09/2019 14:53

Wall Street abre em queda antes de decisão da Fed
18/09/2019 14:37

JPMorgan prevê mais oito anos de taxas negativas na Europa
18/09/2019 14:00

login

Pesquisa de títulos

Fale Connosco