Este website utiliza cookies para ter uma melhor experiência de navegação e utilização.
Ao navegar está a consentir a utilização dos cookies associados ao site.

ÚLTIMAS NO NEGÓCIOS.PT

China tirou força às bruxas e deu ganhos a Wall Street
15/03/2019 20:04

O Dow Jones fechou a somar 0,53% esta sexta-feira, para 25.846,87 pontos, e o Standard & Poor’s 500 avançou 0,50% para 2.822,44 pontos.
 
O tecnológico Nasdaq Composite, por seu lado, terminou com um ganho de 0,76%, para 7.688,53 pontos.
 
A contribuir para o movimento de subida esteve o facto de a China ter garantido medidas robustas para travar a desaceleração económica.
 
O primeiro-ministro chinês, Li Keqiang, disse hoje que o país vai adotar "medidas fortes" para contrariar o abrandamento económico, sugerindo reformas orientadas para o mercado, em detrimento de mais crédito e gastos públicos deficitários.
 
A ajudar ao otimismo dos investidores esteve também a expectativa de um entendimento entre os EUA e a China na frente comercial, isto depois de ter sido noticiado um relatório que aponta para progressos nas conversações entre as duas partes.Esta notícia animou as empresas que dependem grandemente da China para as suas receitas, como é o caso das tecnológicas - e muito especialmente no subsetor dos semicondutores e microchips, o que se reflectiu em ganhos para cotadas como a Nvidia.
 
O facto de a produção industrial norte-americana ter sido fraca não foi o suficiente para desanimar os intervenientes do mercado. Nem tão pouco a bruxaria quádrupla.
 
Com efeito, hoje foi dia de bruxaria quádrupla ("quadruple witching") nos mercados de ambos os lados do Atlântico e este evento costuma trazer grande volatilidade.
 
Chama-se quádrupla porque se dá o vencimento simultâneo de quatro contratos: futuros e opções sobre índices e sobre acções, tanto nos EUA como na Europa.
 
O termo faz assim referência a estes quatro vencimentos e às bruxas. Mas porquê as bruxas? Os mercados têm o termo ‘witching hour’ (a hora da bruxa) que é a última hora de negociação da sessão bolsista. Uma vez que o vencimento destes quatro tipos de contratos exerce grande influência no desempenho do mercado, o termo é tido como adequado para a situação, já que essa "hora da bruxa" corresponde a um curto período em que quem pratica feitiçaria fica especialmente mais activo e poderoso. 
 
Assim sendo, este é um dia historicamente mais volátil, especialmente na última hora de negociação, com um elevado volume de transacções. Isto porque os investidores que precisam de fechar posições podem movimentar o mercado a qualquer preço, levando as cotações a oscilarem erraticamente. O ‘quadruple witching’ ocorre quatro vezes por ano, nas terceiras sextas-feiras dos meses de Março, Junho, Setembro e Dezembro.

António Costa defende relação com a China que já leva "mais de 500 anos"
24/03/2019 12:59

Bandeira de Portugal ao alto numa manifestação em Londres contra o Brexit
23/03/2019 18:32

PNR promete combater "invasão de refugiados" para ganhar um eurodeputado
23/03/2019 18:10

Movimento "Nascidos a 5 de julho" inspira-se na AD para combater o "imobilismo socialista"
23/03/2019 17:52

Administradores Hospitalares criticam dependência da Saúde face às Finanças
23/03/2019 16:32

Lei de Bases da Saúde: Marcelo chumba momento da discussão e defende "caminho sinusoidal"
23/03/2019 14:28

Bloco de Esquerda quer fim das taxas moderadoras: "Não se está a moderar nada!"
23/03/2019 13:24

Haitong regressa aos lucros e vai vender subsidiária irlandesa
23/03/2019 11:27

Corticeira Amorim abre nova fábrica nos Estados Unidos
23/03/2019 10:31

Já há memorando de entendimento para potencial fusão entre Sonae Sierra Brasil e Alliansce
22/03/2019 22:22

Remuneração de Mexia baixa em 2018 mas continua acima de dois milhões de euros
22/03/2019 21:12

Tentativa de golpe de Estado na Pharol abortada
22/03/2019 19:32

Grandes distribuidores e cervejeiras acusadas pela Concorrência de concertação de preços
22/03/2019 17:32

Fecho dos mercados: Fantasma da recessão assombra mercados mundiais
22/03/2019 17:26

Rei saudita lança programa de 20 mil milhões para embelezar Riad
22/03/2019 15:45

Contrato da semana: Seguro da frota automóvel da Infraestruturas de Portugal custa 450 mil euros
22/03/2019 15:07

CEO da TAP: "A partir de 2021 crescimento está comprometido"
22/03/2019 12:27

Klaus Regling: "Recente melhoria do 'rating' de Portugal é sinal de otimismo"
22/03/2019 11:50

Aumento de transporte de passageiros abranda em 2018
22/03/2019 11:33

TAP com prejuízos de 118 milhões em 2018
22/03/2019 10:21

login

Pesquisa de títulos

Fale Connosco