Este website utiliza cookies para ter uma melhor experiência de navegação e utilização.
Ao navegar está a consentir a utilização dos cookies associados ao site.

ÚLTIMAS NO NEGÓCIOS.PT

Participação da Galp no campo Lula diminui para 9,2%
15/03/2019 18:43

O regulador brasileiro aprovou uma alteração que vai ditar a redução da participação da Galp e da Shell no campo Lula, no Brasil. Isto porque há naquela zona uma área não contratada, que pertence ao Estado, e por isso a dimensão do campo aumenta, mas as participações de cada empresa no consórcio são diluídas, no caso das empresas estrangeiras, e reforçadas no caso nacional - com destaque para a Petrobras.
 
"A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) aprovou o acordo de individualização da produção" relativo à jazida de Lula. Isto porque a este campo foi acrescentada uma área não contratada, pertencente ao Estado, e, por isso, é preciso reavaliar as participações de cada um dos membros do consórcio.
 
Sendo a área do Estado, a beneficiária desta revisão é a Petrobras, que passa de uma posição de 65% para 67,216%, bem como a Pré-Sal Petróleo, que representa o Estado, que passa a deter 0,551% deste consórcio quando antes não tinha qualquer participação.
 
Já a Galp deixa de ter 10% para 9,209% e a Shell passa de 25% para 23,024%.
 
A justificar estas alterações está o "acrescento" a esta jazida de uma zona (assinalada no mapa com um cinzento mais escuro). O que faz com que a área aumente e as participações sejam recalculadas. Fonte da Galp diz que em termos de barris não há alterações, o que estava previsto para a Galp mantém-se.
 
A petrolífera adianta que estes "processos de unitização deverão dar origem a equalizações entre os participantes de cada área licenciada, baseadas nos custos de investimento incorridos no passado pelos parceiros, considerando a sua participação original, e os resultados líquidos recebidos. É esperado que estas equalizações deem origem a reembolsos entre os parceiros em função dos termos e condições acordados."
 
 
 

Renault vai "estudar com interesse" proposta de fusão com a Fiat
27/05/2019 13:50

Porto premeia ex-futebolista que "comeu" Ibersol à Sonae
27/05/2019 13:29

Hélder Rosalino: Há maior procura pelas notas de 100 e 200 euros como reserva de valor fora da Zona
27/05/2019 12:46

Portugueses trocaram quase 49 mil notas de escudo em 2018
27/05/2019 12:08

Portugueses preferem notas de 10 e 20 euros
27/05/2019 11:58

Confúcio chega ao Porto com cursos de língua e cultura chinesa
27/05/2019 11:50

EUA "não estão prontos" para chegar a acordo com a China, diz Trump
27/05/2019 11:08

Abertura dos mercados: Contenção dos eurocéticos anima investidores. Bolsa de Atenas dispara 5%
27/05/2019 09:36

Europeias: Vencedores e vencidos
27/05/2019 02:43

PS com melhor resultado em 20 anos ganha força para as legislativas
27/05/2019 02:35

António Costa: resultado das eleições "significa um voto de confiança no PS"
27/05/2019 00:20

Pedro Marques: "Esta é também uma enorme vitória da governação destes últimos três anos e meio"
27/05/2019 00:01

Marques Mendes analisa Europeias no Negócios: "PSD e CDS partem para legislativas em estado de coma"
26/05/2019 23:53

Rui Rio: "Claro que tenho condições para levar o PSD a bons resultados" nas legislativas
26/05/2019 23:21

Grécia: Tsipras vai marcar eleições antecipadas com derrota do Syriza nas Europeias
26/05/2019 22:15

PPE mantém-se como principal força na Europa mas perde deputados
26/05/2019 21:14

António Costa ataca PSD a 25 minutos do fecho das urnas nos Açores
26/05/2019 20:00

Projeções: Abstenção pode ter sido a maior de sempre em Portugal
26/05/2019 19:05

Fiat Chrysler e Renault em negociações avançadas para aumentar aliança
25/05/2019 19:25

ASAE detém 10 pessoas por especulação de bilhetes do final da Taça de Portugal
25/05/2019 17:47

login

Pesquisa de títulos

Fale Connosco