Este website utiliza cookies para ter uma melhor experiência de navegação e utilização.
Ao navegar está a consentir a utilização dos cookies associados ao site.

ÚLTIMAS NO NEGÓCIOS.PT

CTT garantem que cumpriram qualidade do serviço global mas falharam dois indicadores em 2018
15/03/2019 17:41

Os CTT asseguram que em 2018 cumpriram os níveis globais de qualidade de serviço. Em comunicado, a empresa liderada por Francisco Lacerda, que assegura a concessão do serviço postal universal, adianta que "atingiram em 2018 o melhor indicador global de qualidade de serviço dos últimos três anos", o que, na sua visão, "representa o resultado do compromisso da empresa na melhoria contínua dos serviços prestados às populações".
De acordo com os dados divulgados pela empresa, este indicador "foi de 150,2 em 2018", um valor "que cumpre folgadamente o objetivo de 100 por uma margem de 50,2 pontos e representa uma subida de 40,8 pontos face ao indicador alcançado em 2017".
Esta análise tem em conta 11 indicadores específicos, que a partir do próximo ano vão aumentar para 24. Tendo em conta os atuais indicadores, a empresa admite que não cumpriu em dois o objetivo mínimo. Trata-se dos indicadores relativos à distribuição do correio azul no Continente e "do encaminhamento no correio transfronteiriço intracomunitário depende de operadores postais de vários países". Já em 2017 a empresa tinha falhado as metas destes dois indicadores.
Além do indicador global de qualidade de serviço, os CTT garantem ainda que alcançaram em mais cinco dos onze indicadores os melhores resultados dos últimos três anos. Segundo a empresa, o correio normal melhorou quatro décimas face a 2017 (96,3%)e  o correio registado  quase um ponto percentual face a 2017 (93,7%).  De acordo com os números dos CTT o indicador que mede as filas de espera também registou "uma melhoria muito significativa, de 5,6 pontos (91,4%)" e, por fim, "no correio normal e azul não entregue até 15 e 10 dias úteis, respetivamente, também se registou uma melhoria dos indicadores (0,7‰ e 1,2‰)", detalham no mesmo comunicado.
A monitorização dos indicadores de qualidade do serviço universal é feita pela PriceWaterhouseCoopers (PwC), auditora contratada pelos CTT através de concurso público. Uma situação que já foi alvo de criticas pela Anacom. Como João Cadete de Matos referiu por mais do que uma vez, esta situação está "errada e devia mudar".
Tendo em conta a "degradação" do serviço universal postal, segundo a Anacom, no verão de 2018 o regulador anunciou que ia apertar as regras tendo aumentado o número, bem como a exigência, dos indicadores de qualidade do serviço postal. Uma decisão que foi logo contestada pelos Correios, tendo avançado para tribunal arbitral.
Para Francisco de Lacerda, presidente executivo dos CTT, os dados divulgados comprovam que "as ações anunciadas e empreendidas pelos CTT para a melhoria da qualidade de serviço estão a começar já a ser bem-sucedidas. Os CTT voltaram a cumprir, como têm vindo a fazer de forma consistente nos últimos 12 anos, o Indicador Global de Qualidade do Serviço, que apresentou o melhor valor dos últimos três anos, tal como cinco dos onze indicadores específicos medidos também tiveram os melhores resultados desde 2016".

António Costa defende relação com a China que já leva "mais de 500 anos"
24/03/2019 12:59

Bandeira de Portugal ao alto numa manifestação em Londres contra o Brexit
23/03/2019 18:32

PNR promete combater "invasão de refugiados" para ganhar um eurodeputado
23/03/2019 18:10

Movimento "Nascidos a 5 de julho" inspira-se na AD para combater o "imobilismo socialista"
23/03/2019 17:52

Administradores Hospitalares criticam dependência da Saúde face às Finanças
23/03/2019 16:32

Lei de Bases da Saúde: Marcelo chumba momento da discussão e defende "caminho sinusoidal"
23/03/2019 14:28

Bloco de Esquerda quer fim das taxas moderadoras: "Não se está a moderar nada!"
23/03/2019 13:24

Haitong regressa aos lucros e vai vender subsidiária irlandesa
23/03/2019 11:27

Corticeira Amorim abre nova fábrica nos Estados Unidos
23/03/2019 10:31

Já há memorando de entendimento para potencial fusão entre Sonae Sierra Brasil e Alliansce
22/03/2019 22:22

Remuneração de Mexia baixa em 2018 mas continua acima de dois milhões de euros
22/03/2019 21:12

Tentativa de golpe de Estado na Pharol abortada
22/03/2019 19:32

Grandes distribuidores e cervejeiras acusadas pela Concorrência de concertação de preços
22/03/2019 17:32

Fecho dos mercados: Fantasma da recessão assombra mercados mundiais
22/03/2019 17:26

Rei saudita lança programa de 20 mil milhões para embelezar Riad
22/03/2019 15:45

Contrato da semana: Seguro da frota automóvel da Infraestruturas de Portugal custa 450 mil euros
22/03/2019 15:07

CEO da TAP: "A partir de 2021 crescimento está comprometido"
22/03/2019 12:27

Klaus Regling: "Recente melhoria do 'rating' de Portugal é sinal de otimismo"
22/03/2019 11:50

Aumento de transporte de passageiros abranda em 2018
22/03/2019 11:33

TAP com prejuízos de 118 milhões em 2018
22/03/2019 10:21

login

Pesquisa de títulos

Fale Connosco