Este website utiliza cookies para ter uma melhor experiência de navegação e utilização.
Ao navegar está a consentir a utilização dos cookies associados ao site.

ÚLTIMAS NO NEGÓCIOS.PT

Guilherme Figueiredo defende redução dos custos da Justiça para os cidadãos
11-01-2017 19:43

O novo bastonário da Ordem dos Advogados, Guilherme Figueiredo, afirmou esta quarta-feira, no primeiro discurso depois da sua tomada de posse, que é preciso reduzir os valores das custas judiciais, porque "atingem valores insuportáveis para os cidadãos" e "reforçam a desconfiança no sistema da Justiça".
Numa intervenção em que começou por apresentar-se, bem como aos restantes eleitos para os diferentes órgãos da Ordem dos Advogados, como alguém que tem a obrigação de defender os direitos dos cidadãos e o Estado de Direito Democrático, Guilherme Figueiredo elegeu quatro temas para falar, naquele que foi a sua primeira intervenção pública enquanto bastonário já empossado.
Foi assim que se debruçou com maior demora sobre as buscas judiciárias a escritórios de advogados, a criação de um fórum institucional que permita avançar para um pacto de Justiça, a actual situação da Caixa de Previdência dos Advogados e Solicitadores (CPAS) e os elevados valores das custas judiciais.
A propósito deste último tema, Guilherme Figueiredo (na foto) sublinhou que os valores das custas judiciais "reforçam a desconfiança no sistema da Justiça", na medida em que "atingem valores insuportáveis para os cidadãos" que não têm meios. Até por esta razão, o novo bastonário frisou que é preciso "assumir de uma vez por todas que a Justiça é um bem essencial e não um bem económico".
Já sobre assinatura de um pacto de Justiça, e tal como já afirmara em entrevista ao Negócios, admitiu que o mesmo é necessário, mas deve surgir da discussão que venha a ser feita no âmbito de um Fórum Institucional.
Neste organismo, defendeu, deveriam marcar presença a ministra da tutela, os presidentes dos supremos tribunais, a procuradora-geral da República, o bastonário da Ordem dos Advogados, representantes dos partidos políticos com representação parlamentar, responsáveis das associações sindicais de magistrados e funcionários judiciários, assim como o presidente do Conselho Económico e Social.
Este fórum, tal como sublinhou o bastonário, permitiria discutir "as reformas da Justiça e reforçar a sua perenidade através da co-responsabilização das instituições representadas".(Notícia em actualização)

Brasil põe à venda ou concessiona mais meia centena de projectos
23-08-2017 23:30

Angolanos escolheram sem sobressaltos sucessor de Eduardo dos Santos
23-08-2017 22:31

Trump fê-lo outra vez: Nova Iorque em baixa com declarações do presidente
23-08-2017 21:01

Primeiro avião com a marca TAP Air Portugal é um A330 e chama-se D. Maria II
23-08-2017 19:50

SEF desconvoca greve após compromisso do Governo na contratação de 100 inspectores
23-08-2017 19:29

Sonae reduz lucro em 4,4% até Junho e cria 2 mil postos de trabalho
23-08-2017 18:57

Fecho dos mercados: Trump pressiona bolsas antes de Jackson Hole. Euro acima de 1,18$
23-08-2017 17:23

Impresa estará a ponderar fechar a revista Visão
23-08-2017 16:54

"Trump causou-me arrepios". Hillary revela pormenores da campanha em livro
23-08-2017 15:56

Sporting favorito a passar à fase de grupos da Champions e a garantir 12,7 milhões
23-08-2017 14:46

Reunião entre Bloco e Governo adiada para a próxima semana
23-08-2017 13:37

Draghi admite dificuldades do BCE em lidar com novas realidades
23-08-2017 12:24

WPP reviu indicadores em baixa. Acções caem mais de 10%
23-08-2017 11:14

O Brasil vai virar semipresidencialista ou parlamentar?
23-08-2017 09:57

Indústria da Zona Euro dá sinais de forte crescimento em Agosto
23-08-2017 09:30

Ryanair admite estudar compra da Air Berlin
23-08-2017 00:16

Expectativa de avanço de reformas dá luz verde a bolsas em Nova Iorque
22-08-2017 21:01

PSD acusa Governo de tentar esconder plano consensualizado de obras públicas
22-08-2017 19:07

Fecho dos mercados: Mineiras puxam pelas bolsas. Juros interrompem descidas. Dólar ganha força
22-08-2017 17:26

Income Fund of America passou a deter participação qualificada na EDP
22-08-2017 17:19

login

Pesquisa de títulos

Fale Connosco