Este website utiliza cookies para ter uma melhor experiência de navegação e utilização.
Ao navegar está a consentir a utilização dos cookies associados ao site.

ÚLTIMAS NO NEGÓCIOS.PT

PCP não desiste da nacionalização definitiva do Novo Banco para ter apoio do PS
11/01/2017 19:01

O PCP não está disposto a desistir da ideia de uma nacionalização definitiva do Novo Banco, mesmo que isso implique o chumbo do projecto de resolução que recomenda isso mesmo ao Governo. O Parlamento vai discutir em breve um projecto de resolução do PCP já com um ano onde a Assembleia da República recomenda ao Governo a nacionalização "definitiva" do banco que resultou do fim do BES. Mas para que o projecto seja aprovado é necessário ter os votos do PS (o Bloco concorda com a nacionalização definitiva e a direita opõe-se à ideia).Esta quarta-feira, o jornal Público avançou que o PS ainda não tinha decidido como votaria este projecto e citava o líder parlamentar, Carlos César, a defender que se os comunistas fizessem "alterações significativas" ao mesmo, o PS poderia viabilizar o diploma. O objectivo era que estas alterações significativas permitissem tornar temporária a nacionalização, em vez de definitiva como está previsto no projecto. O PS não se opõe à ideia da nacionalização, mas recusa assumir o próximo passo: nova venda mais tarde ou ficar na esfera do Estado para sempre. Na TSF, o deputado comunista Miguel Tiago foi confrontado com esta questão. O jornalista perguntou-lhe se o PCP estaria disposto a deixar cair a palavra "definitiva" para ter o aval do PS à nacionalização.  "Tanto quanto me lembro [o projecto de resolução] não tem a palavra 'definitiva' mas é nesta perspectiva que foi apresentado", disse. O projecto, que pode ser consultado no site do Parlamento, diz preto no branco que o tipo de nacionalização que vai a votos é "definitiva". Ao Negócios, Miguel Tiago assume o lapso e clarifica a posição do PCP neste momento. "Está lá a palavra e não vamos tirar."O PCP conta discutir e votar no Parlamento o seu projecto no início de Fevereiro. O Governo está a negociar directamente com a Lone Star para tentar obter uma proposta melhorada que dispense a garantia pública. O processo de venda mantém-se, mas o ministro das Finanças, Mário Centeno, admite que a nacionalização é o plano B. Fora de questão está a liquidação do banco.

BIS: Criptomoedas podem "rebentar" com a Internet
18/06/2018 00:40

Bruno de Carvalho assume que existem dívidas no Sporting "como em todas as entidades"
17/06/2018 22:46

Marques Mendes: Costa visita Angola em Julho
17/06/2018 21:15

Deputados do PSD querem que Centeno divulgue lista dos 70 balcões da CGD que vão fechar
17/06/2018 19:38

Irão ganha apoios para bloquear aumento de produção da OPEP
17/06/2018 18:05

Tiroteio em festival faz um morto e mais de 20 feridos nos EUA
17/06/2018 13:16

Preços dos imóveis em Lisboa afastam Vila Galé
17/06/2018 12:00

Altran quer contratar mais 100 engenheiros para Gaia
16/06/2018 12:22

DBRS avalia dívida da Região Autónoma da Madeira no segundo nível de "lixo"
15/06/2018 21:22

Nem a bruxaria valeu a Wall Street
15/06/2018 21:01

China retalia e impõe tarifas de 25% sobre 659 produtos americanos
15/06/2018 20:31

"Jogamos todos": o novo vídeo de apoio à Selecção Nacional
15/06/2018 17:53

Sondagem: Maioria esmagadora defende saída de Bruno de Carvalho do Sporting
15/06/2018 16:17

Onda da Nazaré "inunda" Nova Iorque
15/06/2018 15:39

Actividade económica e consumo privado crescem ao ritmo mais lento desde 2016
15/06/2018 14:04

Precariedade: seria preferível flexibilizar contratos permanentes, diz Bruxelas
15/06/2018 13:22

Governo quer baixar à especialidade sem votação proposta das Finanças Locais
15/06/2018 12:36

CMTV bate o seu próprio recorde absoluto de audiências
15/06/2018 12:11

Crescimento do turismo trava no arranque de 2018
15/06/2018 12:02

Bancos e financeiras emprestam 20 milhões por dia em 2018
15/06/2018 11:35

login

Pesquisa de títulos

Fale Connosco