Este website utiliza cookies para ter uma melhor experiência de navegação e utilização.
Ao navegar está a consentir a utilização dos cookies associados ao site.

ÚLTIMAS NO NEGÓCIOS.PT

Panasonic prevê prejuízos recorde de 7,8 mil milhões de euros
03/02/2012 07:17

A nipónica Panasonic anunciou hoje que deverá fechar o ano fiscal com um prejuízo de 780 mil milhões de ienes (7,8 mil milhões de euros), a perda mais elevada de sempre, que ilustra as dificuldades das companhias de bens de consumo electrónico do país.

Em Outubro a empresa estimava resultados líquidos negativos de 420 mil milhões de ienes (4,2 mil milhões de euros). A previsão para o ano que termina em Março é a maior de sempre da empresa com quase 100 anos de história (foi fundada em 1918).

A Panasonic é a maior produtora de televisões plasma e, tal como as suas congéneres nipónicas, está a atravessar uma fase difícil, citando a alta do iene, as inundações na Tailândia e a quebra na procura mundial. A Panasonic foi obrigada a cancelar a produção em três fábricas na Tailândia, depois do país ter sido afectado pelas piores cheias em 70 anos.

A Sony elevou ontem o montante de previsão de prejuízos para o ano actual, para um valor acima de 2 mil milhões de euros, e a Sharp também fechará o ano no vermelho.

As vendas de televisões LCD este ano deverão ter totalizado 206 milhões de unidades no ano passado, um crescimento de 8% mas que aquém das estimativas que apontavam para 211 milhões de unidades.



login

Pesquisa de títulos

Fale Connosco